Outros

Youngjae do GOT7 crítica sasaeng por comportamento inapropriado.

Basta é basta.

Youngjae do GOT7 usou sua conta do instagram para expressar sua raiva para com o comportamento inapropriado de sasaeng.

A mensagem que ele postou no seu story foi:

Não apareça no salão. E isso foi uma ameaça? Você não pode tirar fotos minhas conversando com outras pessoas na cafeteria sem a minha permissão e ainda me perguntar ‘Posso postar isso?’

– Youngjae

Além disso, ele postou a mesma mensagem em seu feed do instagram com a legenda:

Se você quer ver a vida de uma pessoa ser arruinada então poste isso

– Youngjae

Fãs estão interpretando que essa mensagem é direcionada ao sasaeng que está invadindo de modo inapropriado a privacidade de Youngjae.

Mas esta não é a primeira vez que Youngjae expressa sua raiva a respeito de sasaengs.

Ano passado, o idol expressou:

Se você é coreano ou estrangeiro, por favor pare de me ligar. Você continua me ligando todo dia e noite e eu irei enlouquecer, já que não consigo dormir.

–Youngjae

E em 2018, Youngjae postou uma captura de tela de uma mensagem de um fã preocupado e respondeu:

Espero não ser incomodado por eles.

– Youngjae

Aqui esperando que o Youngjae tenha a privacidade que ele merece.

Fonte: Koreaboo
Tradução: Lorena
Revisão: L.M.S
Não reproduzir sem os devidos créditos!

Noticias

Jackson Wang se torna o primeiro artista solo chinês a estrear no Mediabase dos EUA no Top 40 da parada de rádio

Dois meses após o lançamento, 100 Ways de Jackson Wang tornou-se a primeira música de um artista solo chinês a estrear no Top 40 na parada de rádio do Mediabase

O Mediabase, um serviço de monitoramento de rádio da iHeartMedia, registrou a música na 39ª posição no ranking semanal das 40 melhores, do dia 24 de maio.

“Eu sou tão abençoado e grato pelos membros do Team Wang, meu pessoal e todos que me apoiam,” diz Wang, que tem uma carreira solo promissora na China e também membro do grupo de K-pop GOT7. “Isso significa tudo pra mim. É outra parte da história que fizemos juntos. Todos, por favor, cuidem-se e fiquem bem. Espero que eu possa continuar deixando todos vocês orgulhosos de mim. Isso é apenas o começo, vamos continuar fazendo história juntos.”

100 Ways foi lançada no dia 20 de março, e distribuída pela plataforma asiática de música 88rising, a qual a produção de Wang, Team Wang, fez uma parceira para o lançamento.

A produção de um artista chinês para entrar na parada dos EUA ocorre notavelmente no final do Mês da Herança Americana das Ilhas da Ásia e do Pacífico em 2020.

A estreia de 100 Ways no Top 40 na 39° posição ficou entre Rain On Me de Lady Gaga e Ariana Grande em 38° lugar e Oh My God de Alec Benjamin em 40° na parada do Mediabase.

O Mediabase registou um total de 997 reproduções de 100 Ways durante o período de uma semana, com uma audiência total de 1.19 milhões de pessoas.

Além de ser um sucesso no Top 40 o desafio #100ways alcançou mais de 118 milhões de visualizações no TikTok.

O Mediabase gostaria de parabenizar Jackson Wang e seu time por essa conquista maravilhosa,” diz o presidente e CEO do Mediabase, Phillipe Generali. “Estourar novos artistas é um desafio em qualquer cenário. Fazer isso durante um dos momentos mais difíceis que o mundo já enfrentou em quase um século é quase uma homenagem ao talento de tantas pessoas que conseguem manter o entusiasmo sem a habilidade usual de fazer eventos tradicionais de promoção e viagens. Parabéns a todos mais uma vez.”

Fonte: Forbes
Tradução: Jacke
Revisão: L.M.S
Não reproduzir sem os devidos créditos!

Outros

Aqui está a interessante primeira impressão que Jinyoung deixou em Jackson

Jinyoung tem até vergonha de falar sobre isso.

Jackson do GOT7 é um brincalhão, conhecido como aquele que anima o ânimo do grupo.

Jackson uma vez revelou sua hilária primeira impressão que teve de Jinyoung quando chegou na Coreia. Começou com Jackson dando alguns pequenos detalhes para começar.

Jackson: Não, alguém estava comendo enquanto fazia uns movimentos de popping

Jinyoung imediatamente reagiu, não querendo que Jackson revelasse mais detalhes.

Jackson? Eu já falei sobre isso? Vou contar de novo, tá?
*Jinyoung empurra Jackson*
Jinyoung: Você falou demais… Não! Para!!

Isso só fez com que Jackson ficasse animado para falar mais da história, então ele continuou a falar. No primeiro dia de Jackson na Coreia, ele lembra de ter visto essa pessoa bonita na porta do prédio da JYP Entertainment

Jackson: Quando eu estava na porta da JYP, tinha esse garoto muito bonito. Na frente da JYP… Ah, na época a nossa companhia usava trancas por digital. 

Jackson estava curioso sobre quem aquela pessoa era, então ele perguntou para um staff. A pessoa a quem Jackson estava se referindo era Jinyoung, e eles tentaram se aproximar no primeiro dia que se viram.

Jackson? “Ah, esse é Jinyoung, Park Jinyoung, um trainee da companhia.” Depois de nos apresentar, fomos comer Seolleongtang juntos.

Enquanto comiam, Jackson se lembra de ter um acontecimento estranho na sala.

Jackson:Enquanto eu estava comendo, parecia que um terremoto estava acontecendo.

O motivo pelo qual isso aconteceu foi Jinyoung que estava fazendo uns movimentos de popping enquanto comia. Isso assustou Jackson e ele se lembra disso até hoje.

Jackson: Tinha alguém comendo enquanto… (imita Jinyoung)

Aqui está o vídeo inteiro!

Fonte: Koreaboo
Tradução: Gabi
Revisão: L.M.S
Não reproduzir sem os devidos créditos!

Outros

PikiCast celebra os 1M de Views no novo episódio hilário de GOT7 no After Mom Falls Asleep com belas fotos dos bastidores

PikiCast postou algumas belas fotos do GOT7 nos bastidores para celebrar o seu hilário episódio de After Mom Falls Asleep com GOT7 que ultrapassou 1 milhão de views no youtube após apenas 2 dias!

Os Staffs também agradeceram os meninos pelo episódio de 2018 que agora tem mais de 20 milhões de views, sendo o episódio mais assistido de After Mom Falls Asleep.

Aqui estão as fotos!

Fonte: AllKpop
Tradução: Gabi
Revisão: L.M.S
Não reproduzir sem os devidos créditos!

Outros

Jinyoung do GOT7 se diverte implicando com Jeon So Nee e Bung Hun no set de When My Love Blooms

When My Love Blooms da tvN compartilhou um novo vídeo dos bastidores!

No início do vídeo, Jinyoung e Jeon So Nee filmam a cena onde uma pilha de livros caem nela. Com um sorriso preocupado, Jeon So Nee pergunta a Jinyoung se ele está bem, e Jinyoung responde que não se machucou. Ele até sugere que refaçam a cena para que saia melhor.

Depois da segunda tomada, ele finge desmaiar, fazendo Jeon So Nee e os staffs rirem. Entretanto, ele levanta na hora e reafirma que está tudo bem com um sorriso brilhante.

Em seguida, Jinyoung, Jeon So Nee e Byung Hun se juntam para a cena do protesto. Byung Hun de repente diz estar preocupado com Jeon So Nee e ela aponta para a câmera com um sorriso. Jinyoung percebe a câmera e nota o motivo pelo qual Byung Hun fez tal comentário. Jinyoung ri enquanto diz para Byung Hun, “Você é tão desleal!”

Jeon So Nee faz uma brincadeira sobre Jinyoung, mas ele pede silêncio pois as filmagens recomeçaram. Ela dá a ele um olhar brincalhão e ele dá um sinal de “ok” para a câmera. Durante o intervalo, Jeon So Nee dá um tapa brincalhão em Jinyoung com a desculpa de estar limpando sua jaqueta. Byung Hun a copia e Jinyoung finge estar com dor.

Jinyoung compartilha seu lanche com os atores e pede para que eles aceitem seu pedido de desculpas. Jeon So Nee e Byung Hun aproveitam a comida felizes, mas Jinyoung olha ao seu redor nervoso e pergunta, “Está tudo bem comer só a gente?”

Mais tarde, Jinyoung e Jeon So Nee filmam a cena do trem juntos. Jinyoung improvisa adicionando uma fala em que a loja está sem refrigerantes e Jeon So Nee não consegue conter a risada. A filmagem começa e os dois naturalmente viram um casal.

Jeon So Nee descansa a cabeça no ombro de Jinyoung e o diretor comenta que eles parecem desconfortáveis. Ela parece surpresa e comenta “Mesmo? Eu estou muito confortável.” Com os olhos arregalados, Jinyoung pergunta se é ele que parece desconfortável e diz que estava fazendo isso de propósito. O diretor sugeriu que ele relaxasse e eles refazem a cena mais uma vez.

Assista o vídeo dos bastidores aqui:

Fonte: Soompi
Tradução: Gabi
Revisão: L.M.S
Não reproduzir sem os devidos créditos!

Noticias

GOT7 + Jo Jung Suk conseguem vitória dupla nos charts semanais da Gaon

Gaon Chart revelou seu ranking da semana de 19 de Abril a 25 de Abril!

Ambos GOT7 e Jo Jung Suk conseguiram vitórias duplas nos charts dessa semana: GOT7 conseguiu primeiro lugar no chart de álbuns físicos e no de download digital com seu novo mini-álbum DYE e sua faixa título Not By The Moon respectivamente. Enquanto isso Aloha de Jo Jung Suk (do OST para o dorama da tvN Hospital Playlist) conseguiu o topo do chart digital geral e do chart streaming da semana.

Parabéns para GOT7 e Jo Jung Suk!

Álbum Chart

DYE do GOT7 estreou em primeiro lugar no chart dessa semana, enquanto Spit It Out de Solar do MAMAMOO e Soulmate de H&D ficaram em segundo e terceiro lugar respectivamente. HIDE OUT: REMEMBER WHO WE ARE do CRAVITY ficou em 4º seguido por Self-Portrait de Suho do EXO em 5º

Download Chart

A nova faixa título do GOT7 Not By The Moon estreou em primeiro nos downloads digitais dessa semana, seguido pela nova canção de Paul Kim, But I’ll Miss You em segundo. Aloha de Jo Jung Suk ficou em terceiro e Dumhdurum de Apink em 4º. Por fim, a colaboração de Pengsoo, Tiger JK, Bizzy e BIBI, This Is Pengsoo ficou em 5º nessa semana.

Fonte: Soompi
Tradução: Gabi
Revisão: L.M.S
Não reproduzir sem os devidos créditos!

Outros

[Coreanos Comentam] Esses são os 5 boygroups oficiais da Mnet.

BTS

GOT7

MONSTA X

NU’EST

SEVENTEEN

Mas considerando que a Mnet e a SM não tem uma boa relação, olhando para isso objetivamente, esses 5 boygroups + EXO e NCT são o TOP7 no momento ㅋㅋ

*traduzida somente a parte que menciona o GOT7*

[+202, -6] Não importa o que o Pann (forum coreano) pensa sobre quem sobe ou quem desce, esse é o top. Qualquer um pode dizer que esses 7 grupos estão no topo objetivamente. Se você olhar para as agências que escolhiam seus top boygroups algum tempo atrás ou se você decidir incluir Produce X e Wanna One… esses são o TOP7 da 3ª geração.

[+131, -5] Eu não sei, mas o TOP7 está correto. E eu acho que o Produce X deveria lutar com Wanna One sozinho.

[+83, -6] Para ser honesto, o Pann pode xingar o quanto quiser pra tentar derrubar NU’EST, GOT7 e MONSTA X desta lista, mas se não for esses 3 grupos, quem vocês gostariam que estivessem no top?

[+80, -7] NU’EST, GOT7 e MONSTA X são de verdade ídolos classe B, então eu não entendo porque as pessoas continuam negando isso. Se eles não são classe B, quem então seria?

Nota da tradução: classe B porque são menos populares que os grupos classe A. “Classe B” não é uma forma de desprezo.

Fonte: Knetizen
Tradução: Angel_Nessa
Revisão: L.M.S
Não reproduzir sem os devidos créditos!

Outros

Declarações de Jinyoung e Jeon So Ni sobre When My Love Blooms

Jinyoung: “Tem muitas cenas do meu personagem tratando Jisoo de maneira maldosa no drama. Enquanto eu estava tentando manter essa emoção, ao mesmo tempo, nós tivemos uma sessão de fotos para o pôster onde nós tivemos que criar uma atmosfera cálida, e eu lembro da gente ficando sem jeito um com o outro. Eu acho que eu fui capaz de entrar no personagem do Jaehyun graças a liderança dela”

Jeon So Ni: “Tanto eu quanto o Jinyoung temos muita paixão por atuar e eu tenho muitos pensamentos, então nós preparamos para os nossos papéis conversando um com o outro e nos ajudando mutuamente. Nós nos divertimos e ficamos muito confortáveis um com o outro, então eu espero que essa atmosfera possa aparecer no drama”.

Fonte: @doobseedoda
Tradução: Angel_Nessa
Revisão: L.M.S
Não reproduzir sem os devidos créditos!

Entrevistas

Jackson Wang, estrela do K-Pop e muso da Fendi, está se isolando no estúdio

Já como membro do supergrupo de K-pop GOT7, Jackson Wang impulsionou sua própria carreira solo de enorme sucesso. Agora, com 26 anos, Jackson conta à Vogue como ele está lidando com o isolamento e a preparação para o novo álbum.

A história de Jackson Wang parece perfeita para um filme biográfico de Hollywood. De fato, se o cantor, rapper, ídolo de K-pop, intérprete e muso de moda da Fendi com 26 anos continuar com sua atual trajetória, essa ideia de história de Hollywood pode se tornar realidade.

O Pai de Wang, Wang Ruiji, é medalhista de ouro nos Jogos Asiáticos, enquanto sua mãe, Sophia Chow, foi uma campeã mundial de ginástica. Nascido em Hong Kong e com o esporte em suas veias, Wang escolheu a esgrima. Sua habilidade com o sabre acabou lhe proporcionando uma bolsa de estudos na Universidade de Stanford. Ele recusou a bolsa, optando por se aventurar em Seul, Coreia do Sul, em 2011 para começar o treinamento para se tornar uma superestrela do K-pop.

Por um momento parecia um grande erro, com seus dois anos e meio como trainee na JYP Entertainment (junto também com grupos como o atual DAY6) constantemente em torno de eliminações que poderiam levá-lo para casa de volta. Mas no final, ele foi um das sete pessoas escolhidas para formar o GOT7, que se estabeleceu como um dos maiores grupos de K-pop com 12 álbuns número 1 nos gráficos do Gaon na Coreia e nas arenas de turnê mundial.

Mas Wang não está aqui para falar de K-pop. Ele está aqui para falar de sua crescente carreira solo, que é promovida por meio de sua própria empresa, Team Wang. Após o lançamento de vários singles na China, em 2019 principalmente com músicas em Inglês, ele lançou o álbum de estréia Mirrors (160 milhões de transmissões em todo o mundo e ainda contando), exibiu uma fusão do hip-hop, balada de R&B e, como sugerido pelo Fendiman de 2018, um amor por um luxo específico em uma marca italiana (Fendi). Em março de 2020, Wang lançou 100 ways, um pouco mais dançante, com um vídeo tipicamente espetacular envolvendo trajes medievais, muito gelo seco e algumas danças ferozes.

Assim como todo mundo, Wang ficou “preso” durante a pandemia do Covid-19. Mas, diferentemente de muitos de nós, ele ignorou o desejo de comer toda hora compulsivamente, ver coisas velhas ou ter crises existenciais. Em vez disso, o isolamento de Wang inclui criar mais música, ser filosófico e espalhar talvez o recurso mais necessário do mundo no momento: o amor. Conversamos com ele em sua casa em Seul sobre música, moda e superação de expectativas.

Como você tem passado seu isolamento?

“Todo dia estou no estúdio. Eu tô quase morando lá há duas semanas, apenas gravando música após música. Sou casado com o estúdio agora – o trabalho é minha esposa.”

Você aprendeu alguma coisa sobre você durante esse período?

“Aprendi que é importante fazer o que amamos todos os dias. E valorizar isso. Você nunca sabe o que pode acontecer amanhã, as coisas podem piorar. Faça o que você ama e vá atrás dos seus sonhos. Não se arrependa. Não hesite. A melhor coisa para eu fazer agora é continuar fazendo mais músicas e espero que isso traga alguma alegria para as pessoas durante esse período difícil. A música é uma língua internacional e é algo que pode conectar pessoas. ”

O que você acha da história sobre o relato de coronavírus? Você já teve alguma experiência negativa?

“Como você sabe, a mídia de cada país é diferente, então não tenho muito o que comentar sobre isso. Só espero que o mundo lute com isso juntos – todos neste planeta estão em uma corrida agora. ”

Você tem uma mensagem para seus fãs durante esse período difícil?

“Espero poder, pelo menos, dar-lhes um pouco de alegria e dar-lhes uma razão para sorrir através da minha nova música.”

Isso significa que você estará lançando novas músicas em breve?

“Estou me preparando para o meu próximo álbum, que será lançado este ano. Todo álbum eu descubro mais sobre mim, minhas verdadeiras cores e gosto na música. É uma parte da minha evolução. Eu sinto que o próximo álbum provavelmente será outra fase da minha vida. ”

O seu último single, 100 Ways, é o primeiro aperitivo do álbum?

“Oh, isso é um pequeno segredo.” 

OK… Então pode fazer parte do álbum, mas também pode não fazer?

“Sim.”

O vídeo de 100 Ways é incrível. Você está envolvido nesse lado das coisas?

“Deixe-me explicar todo o conceito: há muitos elementos na vida que não podemos controlar, tempo e amor são dois deles. A razão pela qual escolhi uma história de amor chinesa antiga como tema é porque, antes de tudo, sou chinês e adoro compartilhar minha cultura tanto quanto adoro aprender sobre outras culturas. Basicamente, no vídeo, sou esse guerreiro e volto à vida para encontrar meu verdadeiro amor e trazê-la de volta à vida para que eu possa dizer a ela que devemos ficar juntos para sempre. Optamos por estar juntos e retornar à vida após a morte depois de ter conquistado o tempo. Tivemos apenas dois ou três dias para criar tudo do zero, por isso foi muito desafiador. Mas no final, fizemos essa obra-prima. ”

Seu histórico de esgrima é útil quando se trata de coreografia e treinamento nas filmagens?

“A esgrima me ajudou durante toda a minha jornada em direção ao meu sonho. Os reflexos, a mentalidade, a visão e eu como atleta. Eu nunca deixei as coisas atrapalharem, ou do jeito da equipe Wang. Haverá muita negatividade ao longo da jornada, muitos obstáculos e pessoas tentando nos derrubar, mas nada é fácil. Enquanto eu permanecer focado em aprimorar minha visão, sinto que vamos conseguir. ”

100 Ways é um pouco mais dance-pop do que as músicas do Mirrors. Foi uma decisão consciente se afastar do som hip-hop daquela estréia?

“Não, é porque eu fiz muitas faixas de hip-hop e também fiz muitas coisas de R&B na China, mas como mencionei, toda vez que lanço algo novo, procuro evoluir. Estou no meio de tentar encontrar meu gosto ainda, e estou tentando encontrar meu verdadeiro eu. Eu não diria que estou lá ainda, mas estou definitivamente no caminho. ”

Minha música favorita no Mirrors é Bad Back, onde você menciona a Fendi, e obviamente você tem uma música de 2018 chamada Fendiman…

“Whoo! Espera! Não é todo mundo que menciona Bad Back, sinceramente. É sempre Titanic, ou Bullet To the Heart, ou I Love You 3000 e Dway! – é muito raro. Só não ouço muita gente falando sobre Nas Back. “

Bem, estou à frente da curva, claramente. Por que você ficou tão atraído pela Fendi em particular?

“Nós nos tornamos amigos pela Fendi China. Então nós conversamos. Parece que nossa visão é muito semelhante; estamos sempre tentando permanecer fiéis a nós mesmos e não seguir a tendência. Estilo pessoal é importante para mim. Realmente define o caráter de alguém e sua personalidade. “

Que mensagem você queria passar com Mirrors?

“São oito sentimentos diferentes em oito faixas diferentes. É tudo sobre amor. Pode nos deixar loucos, nos faz felizes, mexe com nossas emoções, mas é tão poderoso. Pode superar tudo. Eu sinto isso. É como mágica – você não pode parar com isso. As emoções são como um feitiço. Basicamente, devemos amar mais. ”

Você está mais confortável como cantor agora do que como rapper?

“Não, eu não diria isso. Eu sou um artista. Eu sou dançarino, cantor, rapper, você escolhe. Isso realmente não importa. Eu faço o que eu amo. Eu sinto que é importante quando faço música, ou quando faço qualquer coisa, tenho que amar. Se eu não amo, ninguém mais vai. Eu tenho que ter essa paixão.

Você quebrou tantos recordes para artistas chineses, principalmente nos EUA – você se vê como uma figura importante no cruzamento global da música chinesa?

“Eu diria que não. Eu não acho que sou esse ícone. Eu acho que não sou nada. Eu sou apenas um garoto chinês, asiático, apenas indo atrás do meu sonho. Estou apenas tentando fazer história para mim e meu povo.”

Então, o que está por vir para Jackson Wang?

“Neste ano, meu álbum completo será lançado.”

O que as pessoas podem esperar?

“Todos podem esperar Jackson Wang.”

O Wang completo?

“100 por cento.”

Fonte: Vogue
Tradução: Jacke
Revisão: L.M.S
Não reproduzir sem os devidos créditos!

Outros

Jackson Wang fala sobre 100 Ways e espera poder levar alegria para as pessoas que estão em casa.

“Sempre que eu lanço algo, sinto como se fosse mais eu, mais Jackson Wang — mais mostrando minhas verdadeiras cores.”

Jackson Wang merece completamente o título de multi-habilidoso. Ele é um K-pop Idol internacional, um fashion influencer, fundador da Team Wang e um cantor solo de sucesso que continua a explorar e expandir sua maestria pessoal.

Depois de convencer seus pais a o deixarem tentar a audição e treinar para uma companhia de entretenimento coreana ao invés de virar um campeão júnior de esgrima (Que, em fato ele fez💁‍♂️), ele debutou como um carismático rapper no grupo de Kpop explosivo da JYP, GOT7, e imediatamente conquistou seu caminho até o coração dos fãs com seu talento e humor abundantes.

Depois de escrever e compor várias músicas com GOT7 (exemplo, Boom x3), Jackson começou a lançar suas primeiras músicas solo, Papillion e Okay em 2017 com sua companhia Team Wang. Na segunda metade de 2019, ele participou de Head in the Clouds II de 88rising e lançou seu álbum de debut, Mirrors.

O que mais aprendi ao seguir sua jornada? Entre as viagens constantes (antes do coronavírus, é claro) e as diferentes áreas de trabalho em que ele está envolvido, esse homem não deve dormir nunca! Mas depois da nossa entrevista por telefone, ficou profundamente claro que ele ama cada segundo do que ele faz — e não desistiria por nada no mundo.

O último lançamento de Jackson se chama 100 Ways, que é visualmente expresso por uma história encantadora inspirada na China Antiga.

Quando eu pedi para que ele me dissesse uma linha que descreva a mensagem da música (para aqueles que ainda não ouviram), ele respondeu cantando melancolicamente, “Mas eu sou o único que você precisa”.

(Para quem não sabe, a letra completa é: “Existem cem maneiras de deixar seu amor, eu não esperarei nem mais um minuto, cem maneiras de deixar, mas eu sou o único que você precisa”)

No videoclipe, ele faz o papel de um guerreiro que revive e trás seu amor de volta para a vida para dizer a ela que eles são destinados a ficarem juntos para sempre.

Spoiler: Eles dançam seus sentimentos (tão emocionante!) e então voltam para a pós-vida juntos. O amor prevalece!

Mas a real mensagem da música — apesar da história fantástica — é que nós *não podemos* controlar o tempo e o amor.

Jackson: Estou tentando deixar implícito que existem vários elementos na vida que nós não podemos controlar, especialmente o tempo e o amor. Eu, como um personagem no videoclipe, felizmente posso controlar os dois. Eu sou esse personagem que não pode expressar meus sentimentos para meu amor na minha primeira vida, então eu superei o tempo e a vida para renascer e dizer para ela que “eu sou o único que você precisa”. Também na letra, eu digo para ela o quanto ela significa para mim. (“Mas se você estiver pronta, eu darei tudo de mim”) e eu queria saber se ela sente o mesmo. (“Você poderia me amar igual?”)

O videoclipe também serve como um veículo para que Jackson possa compartilhar parte de sua cultura — um núcleo, sempre presente em seu trabalho.

Jackson: Eu amo aprender sobre outras culturas e também amo compartilhar a minha cultura, por isso eu decidi expressar essa música em uma história de amor chinesa antiga. Nossa coreografia representa a tensão e a energia do nosso amor na nossa pós vida e na nossa primeira vida. Nós escolhemos um ao outro e estamos felizes de poder voltar para a pós vida juntos, conquistando o tempo e encontrando o amor.

Com apenas alguns dias para criar o conceito do videoclipe e criar toda a coreografia do zero, Jackson se juntou com colaboradores conhecidos: Kinjaz, um ícone lendário da Cultura de Dança Asiática e Daniel Cloud Campos, um lendário b-boy e diretor criativo.

Jackson: Eu trabalhei com eles no meu último álbum, Mirrors, em diferentes canções — mas para esse lançamento, eu estava muito curioso se conseguiríamos todos juntos criar uma música. Uma obra de artes seria criada e era isso que eu tinha em mente. Nós nos juntamos e filmamos a Ásia. Nós somos amigos próximos, como uma família — então não pareceu que estávamos trabalhando. Parecia uma reunião de família, mas com várias coisas desafiadoras. Nosso tempo era muito limitado. Nós tivemos entre dois e três dias para preparar todo o videoclipe — nós tínhamos que criar uma coreografia do zero, então foi muito difícil. Mas no fim do dia, nós conseguimos e estamos todos satisfeitos com isso. É uma obra de arte que iremos lembrar para a vida.

100 Ways representa outro passo em sua jornada musical, conforme o tempo passa, ele está mais confiante de que você irá ouvir (e ver!) um artista que cada vez mais representa Jackson Wang.

Jackson: Em termos de estilo, tudo o que eu lancei no passado é algo mais hip-hop/rap, mas conforme o tempo passa, eu estou me conhecendo melhor. Sempre que eu lanço algo, parece que é mais como eu, é mais como Jackson Wang — está mostrando mais as minhas verdadeiras cores. Eu já fiz muitos rap e em programas de variedade chineses eu fiz várias canções R&B, então eu me encontrei no meio. A cada lançamento, eu continuarei evoluindo.

Mas algo que é constante é sua apresentação, “Eu sou Jackson Wang da China” — e como eu sou fã disso, eu perguntei o motivo pelo qual ele se apresenta assim.

Jackson: “Não é intencional, mas eu quero que as pessoas saibam disso pois eu sou asiático e eu sou dessa parte do mundo, China. Eu estou aqui e estou tentando compartilhar minha história e cultura, e tudo o que eu faço no mundo Ocidental. Eu tenho orgulho do meu país.”

Já sobre sua contínua parceria e trabalho com coletivos musical global, 88rising, Jackson disse o seguinte: “É um outro nível. Nós somos uma família, estamos todos nessa crew. Especialmente com 88rising, nós temos o mesmo objetivo: representar nossa cultura e difundi-la pelo mundo ocidental, e nós fizemos com que várias pessoas percebessem que nós asiáticos lançamos várias coisas e estamos trabalhando duro também. É mais do que uma relação de trabalho.”

Entre gerenciar a Team Wang, produzir e lançar novas músicas e participar de todos os outros compromissos que ele tem, Jackson está inspirado a continuar em frente graças à sua paixão e visão.

Jackson: “No Kpop está tudo bem com as coisas em grupo e comebacks, e nós estamos todos trabalhando duro por isso, mas ao mesmo tempo, eu estou trabalhando duro pelo meu solo. O tempo é limitado, você só tem 365 dias por ano. Eu preciso equilibrar os dois lados, então é difícil, mas no final do dia é algo que eu amo e insisto em fazer e continuo em frente pois é minha paixão e visão.

A diferença é que muitas pessoas podem estar trabalhando e elas podem não curtir todo dia, mas ainda trabalham por isso. É muito diferente de amar seu trabalho, pois quando você ama algo, você não ficará cansado, você apenas irá continuar indo além e além e você está apenas tentando ser naturalmente perfeito. É assim que eu estou vivendo todo dia.”

Por esse motivo, arrependimento não está em seu futuro.

Em seu vídeo de 30 perguntas, ele disse que seu maior medo era “arrependimento” — então eu perguntei se algo havia mudado para que ele superasse esse medo. Ele respondeu, Eu recebo várias opiniões e comentários, mesmo no time, mas no final do dia, eu sumarizo o que eu estou procurando. Eu confio em mim mesmo, entende? Eu sigo minha visão. Eu acho que essa é a única maneira de superar arrependimentos — pois se você faz a escolha por si próprio, você não vai se arrepender. Pois você que escolheu e você é responsável por isso. Ao invés de ouvir outras pessoas e cometer erros.”

Agora nós obviamente sabemos que 2020 é e continuará a ser um ano estressante conforme o mundo lida com as ramificações do Coronavírus — mas Jackson mantém uma postura positiva sobre sua próxima música e espera que a música atual possa trazer um pouco de alegria para a vida das pessoas.

Quando perguntamos sobre seu próximo álbum, potencialmente seu álbum arquivado Journey to the West, Jackson respondeu rapidamente: “Meu álbum definitivamente vai sair esse ano, mas nós ainda estamos organizando o tempo pois os compromissos são em todos os lugares. Nós definitivamente conseguiremos produzir uma obra de arte e vai ser algo especial.”

Jackson: “É realmente um momento ruim e triste, pois o vírus é algo muito sério — eu só espero que todos continuem fortes e saudáveis, usem máscara, lavem as mãos e tentem não ficar em lugares aglomerados. Eu só quero dizer que eu estou virando uma pessoa e artista melhor com minha música e eu espero poder trazer alguma alegria para a vida das pessoas que estão em casa e fazer com que sorriam ao menos uma vez, entende? eu espero que todos fiquem fortes e que a gente possa lutar contra isso.”

Por fim, tiveram duas perguntas aleatórias que eu fiz e não tinham nada a ver com o resto da entrevista (não me @):

Qual foi a última coisa que você fez pela primeira vez?

Jackson: “Tomar uma colher de mel toda manhã.”🍯

Qual foi a melhor e a pior compra que você já fez?

Jackson: “Melhor: Eu comprei um umidificador para meu quarto e ele ajuda na minha garganta.” 💦

“Pior: Eu comprei essa jaqueta dessa marca e cerca de um mês depois eu assinei um contrato com a Fendi, então não pude usar, então está aqui sozinha — muito solitária — no canto do armário.” 🧥

Obrigado por conversar conosco, Jackson! Escutem 100 Ways agora!

Fonte: BuzzFeed
Tradução: Gabi
Revisão: L.M.S
Não reproduzir sem os devidos créditos!