[TRADUÇÃO] Céci Janeiro 2016, JB&Junior | Entre NÓS

CWhsTDMUkAA5rJGComo vocês têm estado? Vocês devem estar bem ocupados promovendo o álbum de If You Do e fazendo atividades fora do país ao mesmo tempo.
JB: Depois que promovemos If You Do, nós tivemos um tour de fanmeetings internacionais. Assim que voltamos nós rapidamente escrevemos músicas e também praticamos, então temos estado ocupados.

Parece que estão correndo sem descanso, depois do fim dessa promoção vocês poderão ter férias?
Junior: Essa é uma questão aberta. Se ficarmos um pouco mais gananciosos e quisermos ter mais compromissos ou quisermos descansar a empresa nos permite, nós podemos descansar. Mas no momento eu acho que o GOT7 precisa trabalhar mais, para então progredir, então acho que nós queremos trabalhar um pouco mais. Eu não quero descansar. *risos*

Dessa vez If You Do parece o tipo de música que muda o foco do GOT7, o que você acha?
Junior: Mais do que mudar o foco, isso foi um desafio para nós, poder provar que somos capaz de mostrar uma imagem assim. Em vez de focar em um conceito só, cada um dos 7 membros têm uma cor/estilo diferente, mesmo que não conseguíssemos se encaixar no o estilo If You Do, eu sinto que somos um grupo que pode tentar vários conceitos diferentes no futuro.

Vocês tiveram o seu primeiro 1st WIN na televisão, como se sentiram por serem recompensados após tanto esforço?
JB: Eu me senti mais grato ao ver nossos fãs se esforçando conosco. Não é algo que fazemos em busca de recompensas, mas é mais como uma motivação para trabalharmos mais no futuro. É como sempre receber comentários negativos, mas ao receber elogios você se esforça para trabalhar mais firme.

Como líder do GOT7, JB é o centro do grupo. Baseado nos últimos dois anos, como você se avalia?
JB: Eu não acho que fiz um bom trabalho *risos* Ser um líder não significa que eu tenha total autoridade e além do mais acho que não fui um bom modelo *risos* Se qualquer coisa acontece, a gente reflete sobre e cada membro conversa um com o outro para encontrar uma solução.

Junior, você que está ao lado, como você vê isso?
Junior: Na verdade ser um líder é mais estar em uma posição onde tem que ficar em silêncio e eu não tenho o direito de julgar, mas eu acho que ele está fazendo um ótimo trabalho.

Vocês debutaram juntos desde o JJ Project, quando vocês precisaram se encorajar mais?
JB: Quando nós nos consultamos seriamente sobre nossos problemas? Mais do que conversar sobre nossos problemas pessoais, nós normalmente conversamos sobre como deixar o GOT7 mais forte no futuro, ou nossas carreiras. Ele realmente me dá forças.
Junior: Quando tenho muitos pensamentos confusos. Tem sido assim desde o JJ Project. Nós não planejamos conversar sobre nossos problemas, mas enquanto conversamos o assunto vem naturalmente. Então tudo fica em ordem.
JB: Não é como se disséssemos “agora vamos conversar sobre nossos problemas” a gente resolve os problemas tentando conversar um com o outro.

Quando vocês acham que combinam bem um com o outro?
Junior: Nossa personalidade séria?
JB: É, isso mesmo.
Junior: Eu costuma ser muito agitado, mas agora eu sou bem quieto. Quando precisamos ter foco para não perder a concentração eu fico ao lado do hyung e me ajusto ao humor dele.

Pensando nisso, ambos parecem ser muito sérios/tranquilos. Acho que os mais sérios dentre todos os idols que já conheci. *risos*
JB: Isso porque nós relaxamos um pouco. Sempre que as entrevistas ficam sérias demais, nós mentalizamos “relaxe”, “relaxe”.

Mas então isso pode ser uma boa coisa. Além disso, que tipos de problema vocês tem tido?
Junior: Como lidar com o frio neste inverno. Esse tipo de problema?
JB: Nós falamos para relaxarmos, mas acho que isso é demais.
Junior: Eu fico resfriado facilmente. Isso saiu muito relaxado?
JB: O meu problema seria ”Como devo agir para mostrar o meu verdadeiro eu?”
Junior: Isso não é sério demais?
JB: Em um grupo, cada membro tem uma cor diferente, certo. Eu penso nas cores do GOT7 e na cor do JB. Como estabelecer a cor do GOT7 sem seguir o que está na moda, eu estou preocupado em mostrar o verdadeiro lado do GOT7.

Quando vocês ficam juntos, vocês devem brigar. Como resolvem isso?
JB: Não é como se saíssemos no tapa, mas temos nossas diferenças e resolvemos elas através de conversas. Mas nossas conversas são sempre argumentativas. *risos*
Junior: Nós frequentemente fazemos 100 minutos de debate com os membros.
JB: Se chegarmos a brigar por algo todos se reúnem e conversamos sobre o problema.
Junior: Se eu e o JaeBum hyung brigamos o Jackson fala “Eu acho que o JaeBum hyung está certo”, e então outro membro vai e fala “eu acho que o JinYoungie está certo”, e então ambos os lados se acalmam. Mais do que dizer quem está certo e errado, nós falamos que “se você fizer assim, vai ser melhor” ou “se você puder entender o lado um do outro, isso seria melhor”, e então chegamos a uma conclusão positiva. *risos*

Eu li em entrevistas passadas que vocês gostam de fazer coisas sozinhos, isso ocorre porque estão sempre cercados por pessoas?
JB: Mesmo que haja muitas pessoas ainda assim eu gosto de ficar sozinho entre elas. Eu sou tipo um gato, mesmo que não preste atenção em mim eu não sou do tipo que está bem com isso. Durante umas férias eu fui ao topo de uma montanha, mas não havia ninguém lá e estava tão quieto, foi sufocante, não conseguir ficar lá.
Junior: Eu sou o oposto, eu acho confortável ficar sozinho, lendo livros, assistindo a vários filmes. Ontem eu assisti a um filme chamado Secret Sunshine.

Isso está certo, vocês falaram muito sobre livros e filmes nas entrevistas passadas.
Junior: Eu estou lentamente começando a gostar de coisas semelhantes.
JB: Eu gosto de ir a cafés em frente HongDae e de escutar músicas no meu laptop e de ler livros.

As pessoas não vão te reconhecer se você for a cafés?
JB: Ainda não somos tão populares assim.
Junior: HongDae é tão longe, está tudo bem (em ir até lá) *risos*

Ay, vocês estão sendo humildes de mais, não? Já fazem dois anos desde o debut, aonde acham que o GOT7 se encontra no momento?
JB: Eu diria que apenas embarcamos no ônibus e acabamos de passar o nosso cartão de passagem.

Enquanto promoviam, qual foi o momento que se sentiram mais orgulhosos?
Junior: Quando estamos extremamente focados em algo. Quando estamos muito felizes que nem lembramos o que estamos fazendo. Nos sentimos puros.
JB: Para mim é quando escrevo músicas. Eu não fico tão focado quando estou fazendo algo que não seja música.

Esses sentimentos se tonam fontes de motivação para vocês, né?
Junior: Definitivamente, quando eu sinto que estou perdendo a concentração nas coisas que eu gosto de fazer, tudo tem que parar. (para que ele possa reavaliar as prioridades)

Existe algum modelo que vocês queiram se espelhar?
Junior: Para mim é o meu pai. Ultimamente eu venho pensando muito sobre meu pai. Na verdade, meu pai está tendo um momento dez vezes mais difícil que eu. Como ele é capaz de suportar isso e não demonstrar para a família. Como ele cuidou de uma criança desobediente como eu por 22 anos?

Entretanto você tem a imagem de ter sido uma criança que não causou problemas e cresceu bem.
Junior: Eu só pareço ser assim. *risos* Eu sempre penso que meu pai é impressionante. Eu espero me tornar alguém como meu pai. Da próxima (no futuro) eu gostaria de me tornar um tipo de pai “Super-Homem”.
JB: Da última vez, eu tinha vários modelos a seguir, agora é difícil escolher só uma pessoa. Eu conheci mais e mais pessoas que me influenciaram e cada um deles tem sua própria força.

Kor – eng: @GOT7jjai e @yerines_
Eng – pt: JFlawless

Não reproduzir sem os devidos créditos.

Um comentário sobre “[TRADUÇÃO] Céci Janeiro 2016, JB&Junior | Entre NÓS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s