Entrevistas

Os “30” de Jackson Wang Jia Er

DZN8lIlU8AErjV_

Ter um concerto solo antes dos 30 anos de idade

O começo dos 20 anos geralmente é uma fase onde se encontra perdido sobre o futuro.

Este rapaz diante de mim, tem por volta dessa idade, mas sabe mais sobre planejar sua vida e encontrar seu caminho do que os outros. Jackson já representou o time de esgrima de Hong Kong (1° lugar no Asian Youth Fencing), e então se tornou membro do GOT7 através de uma audição de uma empresa de entretenimento – só as credenciais acima já são esplêndidas o suficiente. Ano passado, ele até montou seu estúdio TEAM WANG para encabeçar suas atividades solo na região da Grande China! Nesta edição, nós convidamos esse super idol para conversar sobre o presente e o futuro. É claro que a presença do Jackson é um grande presente para o 30° aniversário da BAZAAR.

 

Uma viagem mundial

Em relação ao número 30, a primeira coisa que vem a cabeça do Jackson é trabalho. “Antes dos 30 anos, espero ter músicas que são totalmente compostas por mim. Espero ser capaz de transmitir mensagens diferentes e significativas através de músicas e composições.  Ao mesmo tempo, posso acrescentar minha visão da vida e deixar que todos me conheçam melhor, comunicando com as pessoas que gostam de mim através da música. Somado a isso, ter meu próprio concerto solo também é um dos meus sonhos. Espero ser capaz de alcançar antes dos 30 anos.”

No estágio atual onde ele está colocando sua carreira em primeiro plano, mesmo quando tem tempo livre ele não se atreve e não quer relaxar. Até nos dias que ele não precisa trabalhar (pra começar dias assim nem são muitos), ele faz seu melhor para encontrar tempo de fazer música. Seja compondo, produzindo o MV, ou mesmo toda a produção da canção, ele faz seu melhor para completar pessoalmente. Em relação a sua paixão e seu senso de envolvimento, talvez tenha algo relacionado a como Jackson se tornou um artista no começo. “Inicialmente quando eu estava promovendo na Coreia, eu participei mais de programas de variedades. Eu diria que aquele período foi o mais difícil. Ao mesmo tempo, por causa da natureza do programa, eu sempre passei para as pessoas a impressão que eu era um moleque. E a Coreia não foi o lugar em que nasci, não foi fácil fazer com que as pessoas gostassem de mim e me reconhecessem. Mas isso é exatamente a motivação para que eu me esforce ainda mais.”

Apesar do processo difícil, por sorte Jackson é apaixonado pela carreira de entretenimento. “A parte mais difícil de ser um atleta são as exigências físicas, trabalhar na indústria de entretenimento por outro lado é estresse 24 horas sem parar! Mesmo assim, é uma bênção ser capaz de fazer as coisas que gosto todos os dias. As vezes estou cansado, mas a felicidade supera todo o resto.”

DZN8lIWV4AAK-Kc

DZN8lIZVQAAGzIx

 

 

 

Fonte: Apple Hong ‏
Tradução:
May
Revisão: L.M.S
Não reproduzir sem os devidos créditos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s