Outros

Jinyoung do GOT7 fala sobre o romance Atos Humanos, que conta o massacre de Gwangju e o Movimento Democrático Coreano

0000664278_001_20180731065747149

Romance Atos Humanos. Apenas olhando o título sozinho, supõe-se que é uma história de apenas um menino jovem. Mas, mesmo antes de alguém virar a primeira página não seria capaz de se livrar daquele formigamento no coração, e sentiria a obrigação de viver com um senso de responsabilidade, mesmo que ele/ela não tenha experimentado pessoalmente a dor daquela geração.

É exatamente o mesmo para o Jinyoung, do GOT7. Ao fechar a última página, sem hesitar, ele escolheu (este livro como) “O livro da minha vida”. Um incidente que aconteceu apenas 14 anos antes dele nascer, e ele não pode deixar de sentir um desalento em seu coração.

Atos humanos é o sexto romance de Han Kang, detalhando os dez dias de eventos que as pessoas passaram a partir de 18 de maio de 1980, pelo Movimento de Democratização Gwangju, o 5:18 (5:18 faz referência a data do movimento 18/5). É um retrato desesperado de como os civis foram suprimidos pela lei militar e de como que aqueles que sobreviveram vivem, apesar da dor e do trauma. As escrituras elaboradas e inconfundíveis do autor fazem sentir como se testemunhasse claramente em cena o horrível (acontecimento).

0000664278_002_20180731065747209

“O que eu sabia era tudo dos livros didáticos ou da TV, então é verdade que a cada ano, quando a data se aproximava, eu não sentia isso batendo forte”, confessou Jinyoung (a quem então) deu uma olhada mais profunda nos brutais acontecimentos através do livro, e sentiu uma tristeza em seu coração.

Ele acrescentou: “meu coração está realmente magoado, pelo fato de que este país em que vivemos passou por essa enorme tragédia mesmo antes de eu nascer. Embora eu nunca possa entender completamente os sentimentos das pessoas que pessoalmente passaram por isso e dos seus familiares, isso se tornou uma oportunidade para pensar mais no Movimento de Democratização de Gwangju”.

Com a esperança de que mais pessoas lessem este livro, ele sempre falou sobre isso, a cada oportunidade que tinha. “Também é nosso papel compartilhar a dor da geração.”

 

 

Fonte: 야나 누나
Tradução: Jacke

Revisão: E. Caroline
Não reproduzir sem os devidos créditos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s