Entrevistas

Os “30” de Jackson Wang Jia Er

DZN8lIlU8AErjV_

Ter um concerto solo antes dos 30 anos de idade

O começo dos 20 anos geralmente é uma fase onde se encontra perdido sobre o futuro.

Este rapaz diante de mim, tem por volta dessa idade, mas sabe mais sobre planejar sua vida e encontrar seu caminho do que os outros. Jackson já representou o time de esgrima de Hong Kong (1° lugar no Asian Youth Fencing), e então se tornou membro do GOT7 através de uma audição de uma empresa de entretenimento – só as credenciais acima já são esplêndidas o suficiente. Ano passado, ele até montou seu estúdio TEAM WANG para encabeçar suas atividades solo na região da Grande China! Nesta edição, nós convidamos esse super idol para conversar sobre o presente e o futuro. É claro que a presença do Jackson é um grande presente para o 30° aniversário da BAZAAR.

 

Uma viagem mundial

Em relação ao número 30, a primeira coisa que vem a cabeça do Jackson é trabalho. “Antes dos 30 anos, espero ter músicas que são totalmente compostas por mim. Espero ser capaz de transmitir mensagens diferentes e significativas através de músicas e composições.  Ao mesmo tempo, posso acrescentar minha visão da vida e deixar que todos me conheçam melhor, comunicando com as pessoas que gostam de mim através da música. Somado a isso, ter meu próprio concerto solo também é um dos meus sonhos. Espero ser capaz de alcançar antes dos 30 anos.”

No estágio atual onde ele está colocando sua carreira em primeiro plano, mesmo quando tem tempo livre ele não se atreve e não quer relaxar. Até nos dias que ele não precisa trabalhar (pra começar dias assim nem são muitos), ele faz seu melhor para encontrar tempo de fazer música. Seja compondo, produzindo o MV, ou mesmo toda a produção da canção, ele faz seu melhor para completar pessoalmente. Em relação a sua paixão e seu senso de envolvimento, talvez tenha algo relacionado a como Jackson se tornou um artista no começo. “Inicialmente quando eu estava promovendo na Coreia, eu participei mais de programas de variedades. Eu diria que aquele período foi o mais difícil. Ao mesmo tempo, por causa da natureza do programa, eu sempre passei para as pessoas a impressão que eu era um moleque. E a Coreia não foi o lugar em que nasci, não foi fácil fazer com que as pessoas gostassem de mim e me reconhecessem. Mas isso é exatamente a motivação para que eu me esforce ainda mais.”

Apesar do processo difícil, por sorte Jackson é apaixonado pela carreira de entretenimento. “A parte mais difícil de ser um atleta são as exigências físicas, trabalhar na indústria de entretenimento por outro lado é estresse 24 horas sem parar! Mesmo assim, é uma bênção ser capaz de fazer as coisas que gosto todos os dias. As vezes estou cansado, mas a felicidade supera todo o resto.”

DZN8lIWV4AAK-Kc

DZN8lIZVQAAGzIx

 

 

 

Fonte: Apple Hong ‏
Tradução:
May
Revisão: L.M.S
Não reproduzir sem os devidos créditos!

Entrevistas

GOT7 para a High Cut vol. 281

DYTevW3WsAEeHAC.jpg large.jpg

Como eles costumavam brigar constantemente nos primeiros dias de debut e porque eles não fazem mais isso

Q: Eu tenho observado vocês de perto desde há algum tempo, e a atmosfera do grupo parece realmente alegre agora. Durante os primeiros dias de debut costumava ser tenso/rígido, mas certamente mudou.

JB: Bem, quando nós debutamos a atmosfera era difícil/fria. Era quase um campo de batalha. Se alguém dissesse algo, ficaríamos ocupados atacando-o. (risos) Nos últimos tempos nós resolvemos isso de forma suave com humor. Estamos fazendo mais piadas/pegadinhas.

Q: Pensando nisso, o GOT7 praticamente  já está no seu 5º ano de debut.

JB: Certo. À medida que os números (de anos) aumentam, devo dizer que nós meio que ficamos de boa uns com os outros/deixamos cada um viver sua vida? (risos)

JS: No começo tivemos muita “acidez” entre nós.

JB: Costumávamos brigar bastante.

JS: Sim, e já que tivemos isso (brigas) o suficiente, nós não brigamos mais.

MK: Mesmo se alguém merecer ser chamado atenção, nós vamos transformar isso em brincadeira e conversar calmamente.

JB: Se você falar de forma mais sincera ao invés de brigar, todos irão ficar tímidos, fechados e ressentidos por um tempo.

Todos: Exato, exato

JB: Pelo fato de nos conhecermos muito bem agora, quando temos qualquer problema/peso em nossa cabeça, rapidamente falamos e conversamos a respeito durante uma refeição ou até mesmo bebemos para esquecer/aliviar o problema.

Sobre o ponto forte do GOT7 em variedades e o que difere o grupo.

Q: Quando dito para os ahgases escolherem um charme especial do GOT7, eles disseram que “não existe um desgaste de energia/não deixam uns aos outros nervosos” entre eles. Eles (ahgases) não sentem uma disputa de poder/tensão entre os membros, como acontece com outros idols e grupos. Enquanto assistem programas de variedades ou apresentações, os ahgases disseram que não existe desconforto e clima tenso entre vocês.

YJ: Disputa de poder? Ah, realmente existe esse tipo de coisa? Em outros grupos?

JS: Por exemplo, quais grupos? (risos)

JB: Nós preferimos sugar a energia uns dos outros/provocar uns aos outros.

YJ: Verdade, ahahaha

Q:  De quem vocês gostam de tirar a paciência?

JY: Nós somos assim quando estamos indo para algum lugar, tipo shows de variedades.

JB: Nós apenas ficamos inquietos quando vamos em shows de variedades. Mesmo se decidirmos não agir como “novatos”, acabamos agindo assim mesmo de qualquer maneira. Até certo ponto, nós temos nosso lado trabalhador também, mas quando vamos para shows de variedades é diferente… Eu acho que essa é a força do nosso grupo. A ausência de pressão. Sem cruzar a linha (agir de forma inapropriada).

BB: Ah, sobre o porquê não estamos cruzando a linha… É porque já cruzamos o tempo todo. hehehe

Q: Oh? Agora Bambam veio com uma opinião completamente diferente.

JY: Bambamie é nesse momento o tipo que (risos) tende a cruzar a linha…

Todos: WAHAHAHAHA

JB: Isso também não é cruzar a linha; ele apenas simplesmente não tem essa “linha”. Você pode considerá-la uma exceção. (ter a “linha” é uma exceção = Bambam não tem modos mesmo)

BB: É que a minha linha está muito distante.

JB: Bambam ainda não elaborou sua mentira. Eu sugeri a ele que elaborasse comigo estando ao lado dele, mas é tão difícil…

Sobre não usar honoríficos (jeito formal) e tratarem uns aos outros como amigos

“Esse grupo não se dá bem. Eu ouvi que esse grupo não tem harmonia” – Ouvir esse tipo de comentário nos deixa desconfortáveis,  porém também me sinto aliviado por podermos trabalhar felizes juntos”.

Q: O GOT7 tem esse sentimento de hierarquia horizontal quando todo mundo pode dizer o que quer dizer. Parece que vocês não são tão rígidos para posições e idades. Vocês não transmitem uma atmosfera onde hyungs estão educando ou resmungando com os membros mais novos.

JB: Eu não vou educá-los só porque eu sou hyung, já que de qualquer maneira eles não vão me ouvir/aprender comigo só porque sou o hyung. (todos morrem de rir). Tô brincando. Tratar uns aos outros como amigos é melhor, não é? Claro, existem momentos em que você precisa ser rígido. Nós precisamos ter uma pessoa firme no grupo, pois assim todo mundo pode se concentrar melhor. Quando estamos praticando, fico enchendo o saco dos meninos. “Vamos fazer mais, vamos fazer de novo”, mas eu decidi não ser assim na vida diária. Se você olhar para isso, nós 7 estamos “trabalhando” agora (durante a entrevista), mas assim que essa entrevista terminar ainda vamos continuar “vivendo uma vida” juntos. Agora que temos mais experiências e já estamos há algum tempo no mercado (indústria), estamos ouvindo diferentes tipos de boatos ao nosso redor. “Esse grupo não se dá bem. Eu ouvi que esse grupo não tem harmonia”, e ouvir esses comentários nos deixa desconfortáveis, porém também me sinto aliviado por podermos trabalhar felizes juntos.

JY: Acho que é porque dissemos uns aos outros desde o começo para tratar os hyungs antes de tudo como amigos, e isso fez nossa mente e coração se abrirem. É por isso que estamos tratando uns aos outros exatamente como amigos (risos)

Q: Os hyungs realmente toleram essas palavras e não hesitam em nada?

YG: Não hesitam em nada. Observando Jinyoungie hyung e Jackson hyung agindo assim, os membros mais novos também começaram a fazer o mesmo.

JY: É porque Jackson sempre diz a Yugyomie “Você é meu amigo”, então Yugyeomie realmente age com ele como amigo. (risos)

BB: Mesmo antes de debutar, prometemos conversar uns com os outros casualmente (sem coisas formais).

Yugyeom pune seus hyungs por erros nas coreografias desde o debut, e Jaebeom se juntou e ele recentemente

Q: Durante os primeiros dias de debut, Yugyeom-ssi, “o maknae superior”, costumava bater nos membros que erravam a coreografia, não é? Ainda é assim?

JB: Oh, ele ainda faz isso.

YG: Durante as gravações nós precisamos mandar vídeos, então, se erramos, temos que gravar de novo e é realmente exaustivo, não é? Então isso é uma forma de aumentar a concentração (risos)

JS: Mas ultimamente ele não tem batido só nas nossas bundas. Cabeça também, e no pescoço pra ser mais preciso…

Todos: WAHAHAHA

Q: Quem foi mais espancado recentemente?

Todos: Eu! Eu!

BB: Ah. Jaebeom hyung também adquiriu o “papel de líder” esses dias, e vem nos pescoços dos membros e nos agarra tipo assim.

Todos: WAHAHAHA

Os membros do GOT7 são rapazes “doces” ou “salgados”- na opinião deles?

JY: Doce

YG: Doce

JS: Sem sabor

MK: Doce (mas os outros membros acham que não)

YJ e BB: Ambos (tipo jjamjjanmen)

JB: Doce durante o dia, salgado à noite

Q: Você consegue ver a clara linha de alternância entre o conceito “doce” em Just Right, com vibes juvenis, e o conceito “salgado” em Stop it Stop it, com vibes fortes, mas vocês vieram com um conceito meio “Doce e salgado” ao mesmo tempo no final. Como vocês pensam pessoalmente em si mesmos? Vocês são “caras doces” ou “caras salgados”?

JY: Para mim, doce. Claro, minhas emoções podem mudar de tempos em tempos, mas tudo na minha vida parece ser sem grandes problemas. Calmamente doce!

YG: Eu também sou um homem extremamente doce, não é? Eu não consigo dizer nada ruim (palavras feias) no geral.

JY: Ernn…

JB: Suuu…

JS: Me desculpa, mas posso bater nele (Yugyeomie)  por um momento? (Jackson imitando o Yugyeomie)

YG: Hahaha. Não. Eu não quis dizer isso, mas sim que eu não consigo dizer palavras rudes para outra pessoa, seja meu membro, amigo ou qualquer um.

JB: Mas você me machucou com suas palavras aquela vez na aula de canto…

Todos: HAHAHAHA

BB: Eu ainda não tenho certeza. Acho que sou diferente dependendo do momento. Tem vezes que sou doce, e tem também vezes que sou salgado. Mas pessoas tailandesas são na verdade picantes, pra ser sincero.

YJ: Eu acho que sou o mesmo que Bambamie. Parece tipo jjamjianmen (combinação de jjamppong (sopa apimentada de frutos do mar) e jajangmyeon (macarrão no molho de feijão preto)? Mistura da metade de ambos.

JS: Se você olhar para mim, pode pensar que eu sou um cara doce, mas na verdade sou salgado.

YG: Certeza?

JB: Mas você não é?

JS: Quando os outros olham pra mim, eles me veem como uma pessoa fofa e podem pensar em algo de 4 dimensões (referindo-se a cubos de açúcar)

JY: Não, você é “o gosto”.

JS: Haa… (risos) entendi. Não tenho sabor. Eu desisto. Hahaha. Ok. Próximo

MK: Eu acho que sou doce.

JB: Se você nos perguntar, eu acho que você é salgado

MK: Sério?

JB: Você pode parecer doce por fora…

JY: Mark hyung realmente chora muito

MK: Então, não significa que sou doce?

YG: Não, porque você chora com lágrimas salgadas, então você é um cara salgado (risos)

JS: Jaebeomie hyung é um cara amargo.

YG: Ervas naturais, ervas naturais

JB: Eu quero ser doce durante o dia e salgado à noite

Sobre o novo álbum, colaboração com Hyolyn e algumas lembranças do fanmeeting do 4º aniversário

Q: Vocês lançaram a nova música, One and Only You, com a participação da Hyolyn há algumas hora atrás (a entrevista foi feita no dia 28 de fevereiro). É a primeira vez fazendo colaboração com outro cantor, certo?

JY: Enquanto preparamos este álbum, nos preocupávamos com a nova direção e o novo rumo do GOT7. Já que estávamos pensando sobre isso, percebemos que a colaboração poderia ser uma maneira de prosseguir. Nós nos apresentamos com Hyolyn sunbae durante o Fantastic Duo no outro dia. Segurando essa pequena conexão nossa, enviamos um pedido. (risos) Se é que pode ser chamado de pedido. Acabamos enviando um pedido que não era realmente um pedido.

Q: Com One and Only You como o início do seu novo álbum, Eyes on You está vindo em breve. Quanta confiança vocês têm nele?

JB: Em vez de mostrar um aspecto cheio de confiança, é meio que… Nós apenas nos preparamos muito bem, então temos uma sensação firme sobre isso.

YJ: Eu estou cheio de confiança, porque acredito no Jaebeomie hyung.

Todos: Awn~

YJ: Hahaha~ Ah, mas a música é realmente boa (joinha)

Q: Durante o fanmeeting de fevereiro, JB disse de forma animada: “Nós terminamos as preparações perfeitamente. Agora, os fãs só precisam ficar preparados”. Eu ouvi os papos entre os fãs de que “dessa vez tem um sentimento forte/afiado (muito bem preparado)” a antecipação era ótima.

JB: Esse álbum parece combinar tudo perfeitamente. Eu estou confiante sobre o conceito, e a coreografia está levemente melhorada. Nós entendemos a música que mais se adequa à nossa cor individual.

Q: Então que tipo de preparação os fãs podem fazer agora?

JS: Apenas esteja pronto para nos encontrar nos shows. Prepare seu coração para ser tocado. Esteja pronto para a surpresa

Todos: Kya~~

Q: Durante o fanmeeting, o símbolo do GOT7 foi usado, mas surpreendentemente ao invés do “7”, havia um logotipo em forma de ahgase dentro.

YJ: Isso também foi ideia do Jaebeomie hyung (piscadinha)

JB: Originalmente nosso lightstick tem um ahgase do lado de fora com um heptágono dentro, que simboliza nós 7. Um dia, de repente, veio o pensamento de que mudar nosso lightstick seria interessante. Não são os ahgases que nos protegem? Agora, já que também estamos crescidos, sinto que nós queremos ser aqueles que protegem os nossos fãs, então acabamos desenhando um símbolo com essa semelhança.

DICAS SOBRE A TURNÊ MUNDIAL

“Nós  mudaremos em todos os aspectos. Todos os lados de nós. Visual. Desempenho … Tudo!”

Q: Vocês estarão começando a turnê mundial com a primeira parada em Seul no mês de maio. Desta vez, existe também um ponto-chave como o logotipo “ahgase” que devemos esperar e aguardar com expectativa?

JS: Ouch, não podemos dar uma dica assim.

JY: (risos) Ainda não há algo estabelecido. Tivemos nosso primeiro concerto do fanmeeting apenas hoje.

BB: Em primeiro lugar, nós sete vamos dançar.

JB: Em geral, vamos mostrar a nossa nova imagem através de diferentes apresentações. Também estamos planejando apresentações que estarão ligados à nossa história com os fãs.

JY: Não vai ser um show onde só dançamos e cantamos. Isso é certeza.

JS: Ah, tem mais uma dica. Nós mudaremos em todos os aspectos. Cada lado de nós. Visual. Desempenho … Tudo!

 

 

 

Fonte: 칠♡ 니 옆에 쏠라
Tradução:
Jacke
Revisão: L.M.S
Não reproduzir sem os devidos créditos!

Entrevistas

“Nós ainda queremos subir mais alto. Ainda há uma estrada mesmo em nosso 5º ano”

201803111638163655992_20180311175319_01_20180312090138065

O GOT7 está retornando com um lado ainda mais sólido de si mesmo após encontrar sua própria cor.

GOT7, que lançou o 7 for 7 em outubro do ano passado, está de volta após 5 meses e sentaram-se para uma entrevista com a HeraldPOP para o comeback. Eles mencionaram, “Pela a segunda vez, temos nossas próprias músicas compostas, assim como nossa faixa título, então estamos muito felizes”, sorrindo.

A música título, Look, é configurada para combinar a cor dos 7 indivíduos e é uma música com bases track house; é uma música que tem uma performance poderosa em harmonia com um som intenso, mostrando uma música que é divertida de ver e ouvir.

“Eu estou realmente feliz que a música que escrevi e compus tenha se tornado a música título pela segunda vez. Quando minha música se tornou a faixa título pela primeira vez, eu estava preocupado e me perguntei se sair para performar com minha música prejudicaria o grupo, mas dessa vez a música saiu muito bem, então tenho confiança em mim.” (JB)

Em fazer um comeback com a música de JB, os membros do GOT7 mostraram uma reação positiva. Yugyeom, que se sentiu viciado na música quanto mais escutava disse, “Havia muitas músicas para serem nomeadas como faixa título. Mas a música de JB Hyung tem um ritmo bom, nós gostamos e depois de todos os membros gravarem, nós realmente pensamos que a música é boa”, ele completou com uma expressão orgulhosa.

Youngjae acrescentou: “Vicia quanto mais você ouve. Se eu tiver que ser sincero, no começo eu disse ao JB hyung “Isso vai ser bom?” Mas comecei a gostar e dei minhas sugestões depois. Mas ele não ouviu minhas sugestões” –  acrescentou rindo.

Como o JYP respondeu? JB disse, “Como sempre, Park Jinyoung PD-nim disse que estava bom. Ele me elogiou dizendo que escrevi muitas músicas boas,  mostrando a ele dia a dia que eu era de confiança. E já que eu trouxe muitas coisas novas (músicas), ele teve reações positivas. Ele disse que na próxima vez, eu deveria escrever prestando atenção no que poderia conduzir o conceito e a faixa principal, então estou prestando atenção nessas coisas.”

201803111638163655992_20180311175350_01_20180312090138073

GOT7 lançou uma colaboração de pré-lançamento, One and Only You, com Hyolyn antes do início oficial do comeback. O GOT7 que, pela primeira vez em sua carreira colaborou com um vocal feminino, estava muito preocupado, mas os resultados foram bons e eles estão felizes sobre isso.

“Preocupamo-nos bastante porque é nossa primeira colaboração. Nós estávamos colaborando com a Hyolyn, mas ficamos receosos em prejudicá-la. Pensamos no que deveríamos fazer se a resposta do público não fosse boa, mas a atmosfera durante a gravação foi tão boa, e nós também ouvimos que a colaboração combinou bem, então estamos felizes. Pensamos também que se fizermos uma colaboração de novo na próxima vez, podemos fazer melhor (que agora)”.

Vindo de agências diferentes, não parecia haver nenhuma conexão entre o GOT7 e o Hyolyn. JB disse que eles conduzirem a colaboração trabalhando juntos foi o destino ocorrido durante o Fantastic Duo.

A resposta do público durante o Fantastic Duo foi realmente boa. Queríamos fazer algo diferente, e em pensar com quem deveríamos fazer isso, Hyolyn surgiu em nossas conversas. Pessoalmente, (nós/eu) somos próximos também, então somos gratos a Hyolyn.

GOT7, que debutou em 2014 e está em seu 5º ano de promoções, foram perguntados sobre suas posições no mundo do entretenimento e eles responderam, “Nós ainda queremos subir mais alto.”

“Ainda precisamos de muito (somos insuficientes). Se pensássemos em nossa posição enquanto fazemos isso, não poderíamos ser capazes de estar aqui. Se fizéssemos música pensando em nossas posições, não poderíamos alcançar o que já fizemos.” (Jinyoung)

JB acrescentou na resposta de Jinyoung. Ele disse, “Eu não acho que somos insuficientes quando se trata das nossas habilidades. Trabalhamos duro em nossas performances, então temos confiança, mas olhando para a popularidade ou musicalmente, eu acho que somos um grupo que ainda tem um logo caminho a percorrer/subir. No entanto, não é “apenas crescer”, mas sim pensamentos positivos de como ainda há estrada a seguir mesmo no nosso 5º ano. Isso é porque acreditamos que estamos continuamente crescendo/desenvolvendo. ”

 

 

Fonte: Ahgawings
Tradução:
Jacke
Revisão: L.M.S
Não reproduzir sem os devidos créditos!

Entrevistas

CHICTEEN MARÇO DE 2018

54755d1e385b03425f9638f66057221793de7e39v2_hq

GOT7 Tuan Yi En

A verdadeira personalidade que não é chamativa como os raios de sol

Sendo alguém que é frequentemente convidado por revistas renomadas para participar de ensaios, quando perguntado, Tuan Yi En não sabia responder por si que charmes especiais ele tem. Ele foi humilde e pacientemente agradecer a todos, “Meu charme especial… Eu não tenho certeza de nada, mas  recebi muita atenção da mídia, eles me convidaram, sou muito grato.”

Chegando tão longe

 

Tuan Yi En sempre expressou sua gratidão e temia que não fosse capaz de cuidar de todos. Ao longo do caminho de menos de 10 metros, ele parava e se curvava para agradecer a todos por seu apoio.

Na penúltima apresentação do sétimo mini álbum do GOT7, 7 for 7,  todos os idols tiveram que ir ao palco. Devido às regras dadas com antecedência, os fãs daquela noite não levaram os lightsticks que sempre tiveram ao seu lado. Olhando para o outro lado, estava tudo escuro. De repente, uma voz de algum lugar no escuro gritou: “Tuan Yi En-“, a pessoa sob a área cor de rosa sob o refletor não hesitou e olhou na direção da voz, acenou com as mãos e fez gestos de agradecimento.

“Eu voei da Nova Zelândia para o Japão direto da China para vê-lo. Minhas pernas estavam acabadas e minhas costas doíam depois de ficar de pé por 3 dias. Mas no último dia, eu me declarei e gritei: “Eu gosto muito do Mark! “. Você sabe, ele realmente me respondeu no palco e disse: “Eu também gosto muito de você.” Foi uma experiência tipo um sonho.  Eu imediatamente já não estava mais machucada em nenhum lugar, de verdade, sem dor nenhuma”.

Durante os shows, ele realmente sabe aproveitar o palco. Eu me lembro daquele dia quando ele encerrou as primeiras músicas de abertura . Ele tocou seu joelho após fazer artes marciais, e parecia que  não estava se sentindo muito bem, mas, não importa o quão cansado e dolorido estivesse, ele não ter mostrou nenhum sinal de desconforto, ele suportou isso por uma apresentação perfeita. Independente do momento em que ele estava de pé, nos lados ou no centro [do palco],  ele estava sempre dançando de forma cuidadosa, e acenando para os fãs. Da primeira fila ao terceiro piso, ele olhou para todos os fãs.”

Tuan Yi En sempre expressou sua gratidão, e temia que  não fosse capaz de cuidar de todos. Ele pararia ao longo de um curto caminho de menos de 10m, e seriamente se curvaria para agradecer a todos por seu apoio. Ele sentiu isso, 7 for 7 é o sétimo mini  álbum do GOT7, e foi muito significante para cada membro. A fim de deixar o álbum ter um significado mais especial, todos os membros participaram da produção das músicas, tornando-o extra especial.

Já era o ano novo quando a sessão de fotos foi realizada. Ao falar sobre a nova meta para 2018, ele pensou por um momento antes de responder sinceramente, “Sendo um membro do GOT7, eu estou disposto a trabalhar duro quando se trata de fazer qualquer coisa, eu espero que mais gente conheça esse grupo chamado GOT7.”

No começo, ele era responsável pelas artes marciais no grupo e tinha que fazer muitos movimentos difíceis e desafiadores. Mas como um “sênior” que havia debutado há alguns anos, com passar do tempo e mudança de posicionamento, ele não vinha fazendo artes marciais, mas ainda mantinha o pensamento de um novato – fazer os fãs felizes, apesar das lesões, esperando entregar uma performance mais animada, e trabalhando duro para que mais pessoas se lembrem do GOT7.

Naquela performance durante a turnê no Japão, Tuan Yi En gritou, “Onde estão os fãs chineses?”, o que fez os fãs sentirem que “Valeu a pena, tinha que ser ele.”

A Jornada

 

Ele admitiu que era uma pessoa quieta e tímida, mas quando estava com seus fãs ou pessoas que conhecia muito bem, e quando estava fazendo as coisas que gostava, ficava muito animado e tinha muitas coisas para falar.

 

O quanto, exatamente, Tuan Yi En é popular na China?

 

Durante o primeiro show da turnê do GOT7, muitas pessoas foram para os dois primeiros shows em Seul. Foi no final de abril, e o tempo naquele dia estava especialmente bom. Antes de começar o show, havia a venda de produtos no espaço descoberto.  A venda começou às 10 da manhã e, mesmo se você tivesse chegado na hora, já tinha uma fila enorme. Todo mundo enfileirado de forma organizada debaixo do sol por quatro horas inteiras. Infelizmente, quando eles (fãs) chegaram à frente da fila, os produtos do Mark estavam quase todos esgotados e eles poderiam apenas pegar o USB do Mark. Após isso, todos perceberam que em todo show, os produtos dele eram quase sempre os primeiros a esgotar.

Sendo alguém que é frequentemente convidado por revistas renomadas para participar de ensaios, quando perguntado, Tuan Yi En não sabia responder por si que charmes especiais ele tem. Ele foi humilde e pacientemente agradecer a todos, “Meu charme especial… Eu não tenho certeza de nada, mas  recebi muita atenção da mídia, eles me convidaram, sou muito grato.”

Se disséssemos que a sensibilidade e paixão do Tuan Yi En atraíram um enorme grupo de pessoas, então o seu outro lado de ser meticuloso e sincero fez com que todos decidissem ficar.

Durante o show de Houston da turnê nos EUA, ele desceu do palco para dar um abraço nos fãs da área de pessoas especiais e cadeirantes. “No meu coração, eu sou sempre agradecido pelos fãs que tiram tempo para vir e assistir nossa performance. Especialmente pelos fãs que têm certas condições, deve ser ainda mais cansativo, então eu agradeço-os do fundo do meu coração. Estou apenas retribuindo da maneira que posso para expressar minha gratidão.”

Num fansign do 7 for 7, uma fã não pôde comparecer pois ela precisava se preparar para os exames e pediu a ajuda de uma amiga para conseguir o autógrafo de Tuan Yi En em seu nome. Geralmente, os fãs não conseguem pegar o autógrafo no nome de outra pessoa, mas Tuan Yi En olhou para o staff e disse “Ah, exames…” Então ele foi perguntar como se escrevia o nome da fã, e lembrou a ela que fizesse um bom exame, concedendo o desejo da fã.

Em seu coração, os fãs são uma existência muito importante. Independentemente do tempo, eles são seus fãs. Ele sempre acena e cumprimenta-os com um sorriso cada vez que passa por cada seção. Ele tenta o seu melhor para fazer hi-five com os fãs na frente do palco, um por um. Às vezes, os fãs ficam muito animados e jogam fones de ouvido e pelúcias no palco. Apesar de ter sido acertado na cabeça por acidente uma vez, ele ainda disse “obrigado”, sem parar.

Aos olhos de todos, Tuan Yi En sempre foi aquele que apreciou os sentimentos gentis que recebeu. No final do show, ele leva com ele os aviões de papéis dobrados pelos fãs. Ele desce do carro no frio do inverno e faz hi-five com os fãs que estão esperando do lado de fora, um por um, lembrando-os gentilmente para não empurrar. Ele chora porque está emocionado com a surpresa preparada pelos fãs. Ele tira selfies e faz vídeos. Ele tem a maior gratidão por cada pequeno amor que recebe, aprecia e devolve o amor para outras pessoas.

No MAMA 2017 em Hong Kong, havia fãs que estavam na fila para entrar e permaneceram por 10 horas do começo até o fim, sem nenhuma comida ou bebida. Eles seguraram placas iluminadas para ele e continuaram na primeira fila. Ele viu e acenou para as placas na audiência assim que ele entrou. Ele também se virou e respondeu aos fãs durante o show. No final, até mesmo fãs de outros idols também comentaram, “Tuan Yi En é uma pessoa tão legal!”.

Até mesmo os estudantes que não têm muito dinheiro, escrevem secretamente  seu nome em suas mesas e cadeiras com giz.

Ele admitiu que era uma pessoa quieta e tímida, mas quando estava com seus fãs ou pessoas que conhecia muito bem, e quando estava fazendo as coisas que gostava, ele ficava muito animado e tinha muitas coisas para falar.

 

Lentamente tornando-se melhor

Não foi sem motivo que Tuan Yi En foi descoberto pela JYP Entertainment por acaso no ensino médio. Quando ele era muito jovem, tinha seu fone de ouvido conectado enquanto caminhava. Tinha que ter música no caminho para a escola ou durante o exercício. Através disso, ele lentamente cultivou seus sentimentos pela música.

Quando ele realmente se tornou um trainee, não conseguia esperar para começar a prática de escrever letras e compor, e desenvolveu seu próprio método para fazer música. “Ao invés de dizer que é a minha única maneira de escrever letras, na verdade, até agora eu tenho usado o inglês para elaborar um verso significativo, e desse jeito é mais familiar para mim. Então eu escrevo as letras em inglês primeiro, e traduzo-as para o coreano.

Durante os concertos, os fãs na primeira fila ficavam muito animados às vezes, e gritavam os nomes dos membros de quem gostavam muito alto, tão alto que, algumas vezes, era captado pelo microfone, e quebrava a linha de pensamento do membro que estava falando. No show de 2016 em Hong Kong, alguém gritou “Tuan Yi En!”, enquanto outro membro estava falando. Ele prendeu os lábios e gesticulou para o fã, “Shhh!”, mas ele não conseguia esconder o sorriso depois disso.

Mesmo enquanto se preparava nos bastidores, ele sempre pensou duas vezes antes de falar  – “se era apropriado dizer isso, se causaria qualquer mal-entendido”. Também lembrou que Yugyeom disse, “Mark não fala muito, mas todas as frases que ele diz são impossíveis de rebater, já que estavam com razões e provas”. Desde o passado até agora, olhando para os programas de variedades, ele não mudou muito. Falou pouco, nunca interrompeu quando alguém estava falando, e se  tivesse algo a dizer, ele levantaria a mão na maior parte do tempo.

Essas “reações normais” em seus olhos, tornaram-se a luz que nunca apagou nos olhos dos fãs.

Estando na Coreia, embora ele estivesse longe de casa, Tuan Yi En nunca esqueceu os velhos amigos que já estavam ao seu lado. “Naquele tempo, eu ia nadar, jogar bola e até mesmo surfar com amigos na praia. Quando eu estava nos EUA, eu realmente gostava do verão. Depois da escola, eu convidava os amigos para minha casa para nadar. Eu dirigia por aí com amigos e comíamos na churrascaria até que ficássemos cheios… Eu tinha esse tipo de diversão”

No coração dos fãs, ficar com ele era a maneira de mostrar seu amor constante. Talvez o Mark no coração de todos, ainda era o jovem correndo na praia.

Entrevista pessoal de Tuan Yi En

 

CHIC: Você está muito longe de sua família, deve se sentir sozinho às vezes.  Você fala com sua família frequentemente? Sobre o que você conversa com eles?

Mark: Eu mantenho contato com minha família frequentemente quando estou na Coreia. Meus pais sempre me dizem para comer mais, haha.

CHIC: Participando na escrita das letras para as músicas do álbum com esforços persistentes, você tem o seu próprio jeito de escrever as letras ou um lugar que te dê inspiração?

Mark: Ao invés de dizer que essa é a minha única maneira de escrever letras, na verdade, até agora eu tenho usado o inglês para elaborar um verso significativo, dessa forma é mais familiar para mim. Então eu escrevo as letras em inglês primeiro e traduzo-as para o coreano.

CHIC: No tempo frio, como no inverno, quais são alguns itens que você deve ter?

Mark: Parece que esse ano está ainda mais frio comparado ao ano passado. Já que está realmente muito frio, você deve ter um casaco longo na Coreia.

CHIC: Na verdade, durante o inverno, para ficar aquecido geralmente usa-se muitas roupas grossas. Então, você tem algumas dicas para ainda sim ficar elegante?

Mark: Geralmente eu uso a técnica de camadas, se vestindo assim vai ficar mais legal. Por exemplo, usando uma camiseta de manga longa com capuz, e então colocar uma jaqueta ou um casaco longo. Eu acho que esse é um jeito de se vestir pode ser melhor.

CHIC: Para você, pessoalmente, tem uma nova meta que deseja alcançar?

Mark: Como Mark do GOT7, eu vou trabalhar duro quando se trata de fazer qualquer coisa. Eu espero ser capaz de fazer com que mais gente conheça esse grupo chamado GOT7!

CHIC: Neste ano novo, com quem você espera passar os dias importantes?

Mark: Eu espero sempre ser capaz de passar os dias com nossos membros do GOT7 e com nossos ahgases! Eu sinto que os 7 de nós chegaram tão longe por causa do apoio de tantos ahgases. Nós vamos nos tornar melhores no futuro. Se eu puder passar os momentos importantes com as pessoas que eu valorizo, isso me dará ainda mais energia.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

 

Fonte: Apple Hong
Tradução:
Jacke
Revisão: Tamanduá
Não reproduzir sem os devidos créditos!

Entrevistas

Jackson do GOT7 Muda Seu Foco Para Hong Kong

08ee2p1a

Jackson (Wang Jia Er), o membro de Hong Kong do grupo coreano GOT7, debutou como cantor solo esse ano sem seus membros. Ele também montou um estúdio na China Continental para mostrar sua força na China. Quando Jackson voltou a Hong Kong para fazer seu fanmeeting, ele aceitou uma entrevista exclusiva com o Apple Daily, para compartilhar seus pensamentos sobre fazer música, e disse que espera poder voltar mais para Hong Kong próximo ano. “Eu definitivamente voltarei se tiver a chance. Eu sempre penso que cresci aqui então quero ter mais atividades em Hong Kong.” Ele também foi bem diferente de um idol coreano normal, discutindo abertamente sobre sua visão de amor e namoro. Ele até declarou que quando ele namorar ou se casar no futuro, ele vai falar abertamente sobre isso. No MV da nova música Okay, Jackson teve muitas cenas que mostrava sua pele, ele disse que inicialmente tinham mais cenas assim mas ele sentiu que era demais e reeditou. Jackson, que com frequência come comida pra viagem, disse que ele não mantém a forma intencionalmente. Geralmente ele está tão ocupado que ele não tem tempo de se exercitar de jeito nenhum. Ao invés disso, ele pensa que desintoxicação é mais importante.

Trabalhar Com Bob Lam

Jackson tratou seu trabalho criativo como “seu próprio filho ou filha”, então ele insistiu em tomar conta de todo o processo de produção ele mesmo. Mas ele estava aberto a trabalhar com outros cantores, e o que mais queria era trabalhar com o cantor americano Omarion. Ao mesmo tempo, ele prometeu lançar uma música em cantonês no futuro, e admitiu que é muito difícil fazer música em cantonês, mas isso não iria afetar sua determinação. Jackson espera realizar um concerto solo dentro de 5 anos e iria provavelmente convidar Bob Lam. “Eu espero que no futuro, não apenas para um concerto, mas alguém que eu gostaria de manter contato e interagir seria Bob Lam. Tem algo que as pessoas não sabem, apenas meu pai, que quando eu era bem jovem eu liguei na rádio e disse que queria ser uma celebridade. Na época era o programa do Bob Lam, então quero contar a ele esse incidente.”

1512556278_4c8f

Jackson, que é próximo de seus pais, tem sua própria ideia com questões de amor e relacionamentos e disse que nacionalidade não importa pra ele na hora de escolher sua outra metade. “Não importa quando se trata de amor. Idade não importa. Nacionalidade não importa. Tamanho não importa. Tudo isso não importa. Se somos compatíveis, então somos compatíveis.” Mesmo se ele namorar ou se casar no futuro, ele promete se abrir aos fãs. Quando o assunto é atuar, Jackson disse que ele também se interessa muito, mas ele tem que esperar até estar pronto. Ele disse também que prefere papéis que envolva artes marciais ou papéis de policial.

 

 

Fonte: Ahgawings
Tradução:
May
Revisão: L.M.S
Não reproduzir sem os devidos créditos!

Entrevistas

Esperando Voltar Para Hong Kong Mais Vezes no Próximo Ano, Jackson Não Será Impedido Pela Oposição Dos Seus Pais ao Escolher sua Outra Metade

1512556276_7523

Jackson (Wang Jia Er), o membro de Hong Kong do grupo coreano GOT7, debutou esse ano como cantor solo. Jackson voltou recentemente para Hong Kong para um encontro com os fãs e aceitou dar uma entrevista exclusiva para a Apple Daily para dividir seu pensamentos e sua opinião sobre amor e namoro.

Esse ano, Jackson lançou suas músicas solo Papillon e OKAY, e ele tomou conta da composição e das letras, mas Jackson não achou isso difícil. Em vez disso, ele achou que a gravação do videoclipe foi o mais difícil: “Quando eu componho minhas músicas, eu já tenho o tema para a música na minha cabeça. O mais difícil é como tornar esse tema um videoclipe e como materializar o conceito que está em minha cabeça. O mais difícil é achar um diretor de videoclipe que me conheça e me entenda, mas eu já encontrei (o diretor de videoclipe ideal).”

Quando falamos sobre o videoclipe da música OKAY onde havia muitas cenas dele expondo sua pele, Jackson disse inicialmente que havia mais cenas dessas, mas que ele achou que eram muitas e reeditou para ficar mais moderado. Jackson que teve que comer fora o tempo todo, mas tinha quer mostrar seu corpo no videoclipe, disse que não ele não tinha um jeito específico para se manter em forma, e sempre foi assim. Ele disse que geralmente ele estava tão ocupado que ele não tinha tempo para se exercitar e que a desintoxicação era mais importante. Mas na semana anterior ao lançamento de alguma parte de seu trabalho, ele prestava atenção a sua dieta.

Jackson trata seu trabalho criativo como ‘seu próprio filho/filha’, então ele insiste em ele mesmo cuidar de todo processo de produção. “A música é algo criado por mim, tem a minha alma e ficará nesse mundo para sempre. Eu as estimo muito.” No entanto, Jackson está aberto a trabalhar com outros cantores e pense que ele pode acender faíscas trabalhando com pessoas diferentes. O que ele mais gostaria era de trabalhar com o cantor americano Omarion.

Jackson prometeu lançar uma música em cantonês no futuro. Embora fazer uma música em cantonês seja difícil, mas isso não iria impedir sua determinação. Jackson foi muito reservado em não revelar quando seria lançada e disse que queria dar a todos uma surpresa.

1512556286_d69d

1512556289_a4ff

1512556292_8100

Jackson que tem constantemente feito músicas espera ter um show solo dentro de 5 anos, e se ele tiver oportunidade de voltar a Hong Kong para um show, Jackson gostaria de convidar Bob Lam como convidado. “Eu espero que no futuro, não só para um show, mas alguém com quem gostaria de entrar em contato e interagir é Bob Lam. Algo que as pessoas não sabem, e meu pai sabe, quando eu era jovem, eu liguei para a rádio e disse que eu queria ser uma celebridade. Naquela hora, era o programa do Bob Lam então eu gostaria de contar para ele sobre esse acontecimento.”

Jackson que é muito próximo de seus pais , quando estava compondo sempre deixava sua mãe ouvir primeiro. Ele elogiou sua mãe e disse que ela na verdade conhecia bastante sobre música e deu conselhos, muito úteis. No entanto, Jackson tinha suas próprias opiniões sobre quando se trata de assuntos amorosos e quanto a escolher sua outra metade, ele não se importa com sua nacionalidade. “Não importa quando se trata de amor. Idade não importa, nacionalidade não importa, tamanho não importa. Tudo isso não importa. Se somos compatíveis, então somos compatíveis.” Ele também disse que sua mãe não poderá se opor, porque será sua parceira e outros terão que aceitar sua decisão. No futuro quando ele namorar ou se casar,Jackson prometeu se abrir com as fãs, mas repetidamente frisou que está muito ocupado agora para ter tempo para namorar, e que ele terá que trabalhar inclusive no Natal e na Véspera de Ano Novo.

1512556294_0291

1512556295_6941

Quando o assunto é atuação, Jackson disse que estava muito interessado, mas que ele tinha que esperar até ele entender ela e quando estivesse pronto. Ele também disse que preferia papéis que envolvessem artes marciais e papéis policiais. No final, Jackson disse que ele esperava retornar a Hong Kong mais no próximo ano, “Eu irei definitivamente voltar se eu tiver oportunidade. Eu sempre penso que eu cresci aqui e que quero ter mais atividades em Hong Kong.”

1512556301_987e

 

 

 

Fonte: Ahgawings
Tradução:
Fhelena
Revisão: L.M.S
Não reproduzir sem os devidos créditos!

Entrevistas

COSMOPOLITAN HONG KONG – Jackson: E daí se eu perder ou se eu estiver errado?

Oppa de Hong Kong! Hong Kong deu à luz a estrela coreana Wang Jia Er Jackson: E daí se eu perder ou se eu estiver errado?

A princípio, ele era a futura estrela da equipe de esgrima de Hong Kong; mais tarde, se tornou a próxima estrela com grande potencial nas indústrias chinesa e coreana de shows de variedade. O nome dele é Wang Jia Er Jackson, o primeiro oppa de Hong Kong a debutar na Coreia. 7 anos atrás, ele não quis a chance de participar das Olimpíadas, e desistiu da oferta da US Stanford University. Com apenas 17 anos, ele estava decidido a ir para a Coreia para ser um trainee dedicado. O resultado? Depois de quase 3 anos de treinamento duro, Jackson finalmente debutou como membro do boygroup coreano GOT7. No meio do ano passado, ele mesmo foi direto para a indústria de entretenimento da China sozinho. Recentemente, também voltou para sua cidade natal e conheceu seus fãs de Hong Kong. A busca implacável de seus sonhos naqueles dias resultou na carreira de alto nível hoje. Quando elogiamos que Jackson “fez uma ótima escolha!” naquela época, ele disse brincando que ele “não teve escolha”.

A evolução do Kpop é incontrolável e independentemente de se tratar de um verdadeiro oppa coreano ou de um homem bonito de outro país, todos são coroados com o título de “Estrela Coreana” e, naturalmente, sua importância aumentará tremendamente. Veja o quão popular esta “Estrela Coreana” Jackson, que pode falar Cantonês fluente, é e você sabe: seu primeiro fanmeeting  solo atraiu muitos fãs.

1.png

🔺 Jackson: “Até agora, não fiz nada que eu me arrependa. Então, e daí se eu perder ou se eu estiver errado? Ainda que eu perca para mim mesmo, aí então que não há necessidade de se arrepender.”

Voltando a  Hong Kong, Jackson sentiu muito mais

Estando longe de Hong Kong por 7 anos, Jackson disse que sentiu falta de Hong Kong. “Eu amo Cha Chaan Teng de Hong Kong (T/N: cafés tradicionais de Hong Kong), comida de rua e arroz com 2 tipos de carne bem assada. Muito bom!” Esta foi a primeira vez que ele estava promovendo em Hong Kong sozinho. Embora o mercado de Hong Kong fosse pequeno, esse rapaz de Hong Kong estava cheio de afetos pelo lugar em que nasceu. “Todo mercado tem seu próprio estilo, você não pode compará-los. Quanto às canções cantonesas, se eu tiver a chance, é claro que eu quero cantar uma delas”.

Jackson disse que amava ir para casa, mas era justamente isso,  essa “casa”, não parecia familiar. “Eu ainda estou preso na era de ouvir Hin Cheung’s Ardently Love e Justin Lo’s ‘Man’. A mudança aqui é muito grande. Eu sou como um bebê recém-nascido, aprendendo sobre esse lugar de novo”. A cena de sair de casa quando tinha 17 anos ainda era tão clara na mente de Jackson que era como se estivesse bem diante de seus olhos…

2

Tornar-se uma estrela coreana estava cheio de obstáculos

A mãe de Jackson, Mum Zhou Ping, foi membro da equipe de ginástica da China, seu pai, Rick Wang, tem o título de “A Espada Número Um do Mundo” e ganhou a primeira medalha de ouro para a China. Sendo filho de atletas renomados, Jackson também mostrou seus talentos atléticos. Aos 12 anos, ele já ganhou uma medalha de ouro de esgrima nos Jogos Nacionais da República Popular da China. Jackson não era a estrela de esgrima do amanhã com o potencial ilimitado, ele também era um aluno top com resultados impressionantes. Seus pais esperavam que seu filho pudesse se desenvolver tanto atleticamente como academicamente, mas eles não esperavam que ele optasse por um terceiro caminho.

“Desde jovem, eu realmente amo performar e amo música. Eu fui observado por um empresário coreano quando eu tinha 14 anos, mas por ser muito novo e com a objeção dos meus pais, acabou não acontecendo. Quando eu tinha 16 anos, a chance de ir para a Coreia apareceu novamente. Eu realmente não queria desistir” Com relação ao desejo de seu filho, seus pais até recentemente estavam em choque, então eles observaram e finalmente o apoiaram. “Quando eu estava conversando com meu pai, eu disse ‘Se eu conseguir a medalha de ouro no Campeonato Juvenil Asiático de esgrima, então você tem que me deixar ir para a Coreia”. Eu realmente acabei ganhando a medalha de ouro, e meu pai disse orgulhoso para seus amigos, “esse é o meu filho”. Eu trouxe a tona novamente a questão sobre depois de ganhar a medalha, e ele percebeu que eu estava sendo sério sobre isso”.

3

🔺 Depois de muitos anos de trabalho duro, Jackson finalmente debutou como membro do grupo coreano GOT7.

Naquele ano Jackson estava com 17 anos, e tinha se graduado da escola secundária.  Ele tinha muitas opções na frente dele.  Poderia tentar brigar para entrar nas Olimpíadas de Londres; ele recebeu ofertas das universidades de Hong Kong e Stanford nos Estados Unidos; e havia um convite de uma empresa de entretenimento coreano. Infelizmente, ele “não fez realmente uma boa escolha”. Claro que os pais esperavam que o filho deles pudesse ir bem nos esportes e nos estudos, e meus amigos sentiam que começar do zero em uma terra estrangeira era muito arriscado. Mas eu estava certo que tudo o que eu queria era ir para a Coreia. “Se eu perdesse essa chance, eu me arrependeria pelo resto da vida” Depois do período de observação, e vendo a determinação de seu filho, só restava para os pais então, trocar a desaprovação para apoio.

4

Desistindo de tudo em Hong Kong, Jackson abriu seu próprio caminho através do trabalho duro

Quando ele chegou à Coreia pela primeira vez, Jackson não conhecia o idioma. Ainda que não estivesse acostumado com a terra estrangeira e os estranhos, o caminho havia sido escolhido por ele mesmo, então ele só se permitiu ficar com saudades de casa por 3 dias “quando eu cheguei na Coreia pela primeira vez, eu pensei que havia vindo para o lugar errado, e eu não podia contar a ninguém os meus problemas. Se eu contasse para os meus instrutores, eles iriam informar aos superiores que a mentalidade deste trainee não era boa o suficiente. E entre os trainees, já que eles eram meus concorrentes, também não era possível dividir meus problemas. Já para os meus pais, eu estava com medo que eles fossem se preocupar, mais do que ninguém eu não podia contar a eles. Eu tive que aguentar tudo sozinho”

Há rumores que trainees na Coreia recebem um treinamento infernal de 15 a 16 horas todos os dias. Aqueles que conseguissem aguentar isso teriam uma chance de debutar, aqueles que não, então, por favor, que fossem para outro lugar. Em relação a isso, Jackson não pode negar “é como espremer um tubo de pasta de dente, isso (o treinamento) querer espremer todo o potencial dentro de você, é como alongar um elástico, alongando ao máximo, mas sem poder quebrar”.

Dito isso, Jackson sentiu que estava tudo bem. “Na verdade, os instrutores nunca nos forçaram a treinar. Eles apenas nos fizeram responsáveis por isso. Pelo sistema ser de um jeito que tinha um teste todo mês, você poderia ser mandado embora a qualquer momento, e é claro que todos trabalhavam duro, então praticamos por vontade própria.” Sendo atleta, Jackson ainda conseguiu se adaptar ao treinamento rígido. Mas em relação à dança, canto e rap, ele ainda não era bom o bastante. Ser capaz de sobreviver até o final, tudo se resumiu à competitiva e ambição em sua veia. “Eu sempre pensei no por que outras pessoas podem se tornar o número um do mundo, mas eu não? Se os outros treinam 10 vezes, eu vou treinar 100. Eu não acredito que eu não seja tão bom quanto os outros.”

5

🔺 Recentemente Jackson lançou sua música solo, alimentando o boato que ele vai deixar seu grupo.

Se tornando um astro de variedades, Jackson não esquece sobre música

Essa garra permitiu que Jackson debutasse com sucesso como membro do grupo coreano GOT7. Dentro de um curto intervalo de 4 anos, sua popularidade cresceu rapidamente na Coreia e no Japão. Em 2017, ele até montou seu próprio estúdio na China para desenvolver sua carreira solo. Enquanto ele subia mais alto na carreira, os boatos e conflitos aumentaram. Os boatos dele saindo do grupo nunca pararam.

Em relação a isso, Jackson não se pronunciou. Ele disse apenas que os tropeços dos últimos anos, o fizeram crescer mais rapidamente. “Um rapaz jovem pisando na sociedade, como é possível não esbarrar em obstáculos? Embora tenha um ditado, ‘Se você não escuta os conselhos dos mais velhos, você vai sofrer. ’ Eu vou considerar a opinião de outras pessoas, mas às vezes se eu mesmo não vivenciar,  não irei desistir. Estes poucos anos me fizeram aprender como lidar com pessoas e assuntos. Embora eu ainda esteja distante de ser maduro, pelo menos estou aprendendo.”

Independente de onde ele irá daqui pra frente, ele nunca vai se desviar do porquê ele começou a fazer música. “No passado, as pessoas me conheciam principalmente pelos programas de variedades, e sentiam que eu só sabia ser engraçado. Esse é apenas um lado meu. Agora eu tenho mais tempo de fazer a música que eu gosto, então espero poder fazer com que as pessoas saibam o quão sério eu sou em relação à música, arte e dança.”

Jackson, que tinha apenas 23 anos, estava de olho não apenas no mercado asiático, como também no internacional. Sua ambição era admirável. Esperança que ele possa continuar a lutar pela honra de Hong Kong, e se tornar outro orgulho de Hong Kong.

6

🔺Quando ele está na Coreia, ele fica separado de sua mãe por um longo tempo. Agora, quando ele trabalha na China, sua mãe o acompanha.

A “Dama” ao lado do Jackson

Desde que ele “voltou” para a China cerca de meio ano atrás, tem uma companhia feminina ao lado do Jackson. Fãs, não se preocupem, seu Idol ainda é solteiro. Essa companheira é na verdade sua mãe. “Anteriormente eu foquei em desenvolver na Coreia e no Japão, e eu só via minha mãe uma ou duas vezes por ano. Eu sei que minha mãe sentia minha falta, e eu também sentia muito a dela. Então agora metade do tempo que eu estou trabalhando, eu levo minha mãe junto.”

No fanmeeting que foi realizado em Hong Kong recentemente, sua mãe foi dar apoio a ele. Realmente era uma mãe amorosa e um bom filho. Bonito e bom filho, não é a toa que os fãs são loucos por ele!

 

 

Fonte: Apple Hong
Tradução:
Jacke, May e Angel_Nessa
Revisão: L.M.S
Não reproduzir sem os devidos créditos!

Entrevistas

GRAZIA Edição de Fevereiro

I GOT YOU

GOT74

Lim Jaebeom

Eu espero que nós possamos receber um Daesang com um álbum legal. Eu pessoalmente trabalho muito na composição das músicas, então eu espero que vocês possam escutar e compartilhar os seus pensamentos sobre elas.

O GOT7 é uma certeza, mas você também voltou como JJ Project depois de 5 anos, você compôs uma música com o Primary e fez o upload das suas próprias músicas no SoundCloud. Parece que você está realmente vivendo para cumprir seus objetivos. Qual é a fonte de tanta energia?
JB: O sentimento de alívio de que sempre que eu componho músicas existem pessoas que as vão escutar e o desejo de compor músicas legais que possam expressar (o que eu quero dizer) apropriadamente. Eu acho que é essa determinação.

Mas também existem momentos de exaustão, certo? Especialmente porque músicas são algo muito pessoal, então é uma ocasião rara quando você consegue ficar satisfeito com tudo. Quando isso acontece, como você lida com isso?
JB: Como você disse, já que é um trabalho criativo eu tenho a minha própria visão disso, mas os ouvintes têm a deles, então o jeito que nós sentimos/entendemos são diferentes. É por isso que eu tenho que compor de novo as músicas, muitas vezes. Isso não me incomoda, é mais como um desafio contínuo. Quero dizer, se eu escutar que aquela música não é boa, eu imediatamente desisto dela e começo a compor uma nova. Independente de como eu faço isso, eu continuo sempre colocando meus esforços em escrever músicas boas.

Você é do tipo que desiste de coisas que não estão indo bem e parte para um desafio para fazer coisas novas.
JB: Sim, eu acho que ao invés de ficar preso em uma coisa, continuamente a modificando, é melhor começar escrever uma nova música.

1

Que tipo de peso os seus nomes carregam – JB e Def? Parece que dependendo de qual você usa, o estilo da sua música fica diferente.
JB: Debaixo do nome JB eu estou promovendo, e não importa o que aconteça, eu sou um membro do GOT7, então eu coloco a música do grupo e as performances em primeiro lugar, e dou o meu melhor para eles. Mas como Def eu procuro mais por estilos como R&B e hip-hop, que eu pessoalmente gosto. É claro, todas as músicas são baseadas em minhas histórias pessoais, mas quando eu promovo como Def, eu tento colocar um pouco mais de mim (nas músicas).

Cada álbum tem a seu próprio estilo, certo? Entre conceito e músicas, o que vem primeiro?
JB: Para mim o conceito vem primeiro. Porque cada música é uma boa música, difere de pessoa para pessoa. Eu posso gostar dessa música, mas outra pessoa pode gostar mais da música de outros. É por isso que é melhor escolher um conceito e então compor várias músicas. Você acha músicas boas que se encaixam no conceito. Assim, quando alguém diz que aquela música é boa, se o conceito é o mesmo então isso vai ser incluído mesmo contra a vontade de qualquer pessoa.

O álbum anterior foi feito com músicas que foram compostas com a participação dos membros do GOT7, então promover com as suas próprias músicas tem um significado ainda maior. Você está pensando em participar ativamente da produção no futuro também?
JB: Sim. Nós estamos planejando para estarmos bem envolvidos na produção. Ainda são apenas meus pensamentos pessoais, mas depois de uma discussão eu acho que diversidade deve ser divertido. Por exemplo, “Eu espero que a gente faça baladas para esse álbum”. Mesmo que nós sete façamos a música título de novo juntos, eu acho que seria ótimo vir com um álbum que inclua units e/ou solos como outras músicas. Eu quero tentar fazer várias coisas mais para frente.

Já que você é o líder do GOT7, o quê (em sua opinião) é uma vantagem no GOT7?
JB: Uma imagem brilhante cheia de energia. Ano passado nós fizemos uma performance com a música Teenager para o show de fim de ano e os sentimentos de todos os membros eram os mesmos. Músicas difíceis como Hard Carry são legais, mas mostrar nossa imagem, quando a gente curte no palco, brincando, também é bom. Nós achamos que curtir enquanto nós estamos no palco e mostrar uma imagem cheia de energia combina ainda mais com a gente.

Quando você faz algo por muito tempo, isso não se torna mais fácil? Com quais coisas você já se acostumou até agora e o que ainda é difícil para você?
JB: Parece que enquanto eu vivo a vida, música não é a resposta para tudo. Tem música na minha vida e moda também tem que estar lá, mas já que isso não é a resposta para tudo, é necessário ter tempos de preocupação constante. Eu acho que eu tenho que dar o meu melhor para fazer as coisas que eu acho que são boas em minha opinião. E que eu estou sentindo.

2

Você também foi para a selva recentemente. Como foi?
JB: Sinceramente, eu me senti muito confortável lá. O clima era bom e como a própria ilha tinha quantidade suficiente de coisas comestíveis eu não passei fome de fato. Nada foi especialmente inconveniente.

Que conselhos os seus sunbaes de selva, Jackson e Mark, te deram?
JB: Eles disseram que é extremamente difícil. É por isso que eles disseram que quando eu voltasse eu seria grato pela vida (que eu tenho). Que depois de voltar para a minha rotina diária, eu seria grato por ela e teria um sentimento refrescante.

Tem algum membro que você recomenda que vá para a selva?
JB: BamBam! Se ele fosse iria ser muito divertido. Quando eu imagino o tipo de cena que ele faria no programa… eu acho que seria muito engraçado. Hahaha

Que tipo de momento brilhante você quer criar esse ano?
JB: Eu espero que nós possamos receber um Daesang com um álbum legal. Eu pessoalmente trabalho muito na composição das músicas, então eu espero que vocês possam escutar e compartilhar os seus pensamentos sobre elas.

Tem alguma palavra chave que você quer adicionar no nome do GOT7 esse ano?
JB: Pode soar banal, mas “GOT7 que está indo bem e aproveita.” Eu também desejo que as pessoas queiram aprender (algo da gente) depois de assistirem nossas apresentações. Eu quero mostrar esse tipo de imagem.

 

Mark Tuan

Eu gosto de esportes radicais como paraquedismo e Bungee jump. Se um dia eu ganhar confiança para me arriscar eu quero tentar pular sozinho, sem instrutor.

Entre os diferentes lados que você mostrou em 2017, parece que você definitivamente se mostrou com um mestre nas sessões de fotos. Em sua opinião, quando você mostrou o seu lado mais brilhante?
MK: Ano passado eu fiz muitas sessões de fotos sozinho, e cada vez que eram lançadas eu me sentia assim. “Será que isso significa que é algo do meu interesse?” (ri) Quando eu faço artes marciais sozinho no palco, os olhos de todos estão focados em mim, certo? Durante esse tempo eu me sinto pressionado, mas as sessões fazem eu me sentir diferente.

Parece de alguma forma agradável. 
MK: Porque todo mundo fica parado me olhando. É estranho receber tanta atenção.

A esfera do entretenimento é muito mais competitiva do qualquer outra esfera. Você não se sente pressionado em fazer algo novo?
MK: Com certeza, eu sinto. Mas no palco como em cerimônias de premiações parece que nós, GOT7, mostramos uma imagem que é muito diferente dos outros grupos. Porque nós fazemos artes marciais nas nossas performances, nós fazemos coisas que outros grupos não conseguem. É claro, nós precisamos fazer coisas novas, mas eu acho que nós também precisamos fazer muito bem coisas que já fazemos.

Se você precisar começar a fazer algo novo, o que seria?
MK: Hm…Tem dois membros que são atores no grupo, certo? Se um dia eu também tiver a chance eu quero tentar atuar também.

3.jpg

Não vai ser exagero dizer que algo que o Mark sempre experimenta é estilos de cabelo. Você já experimentou várias cores e estilos. Tem algum estilo que você ainda quer experimentar?
MK: Tem! Eu quero tentar um cabelo que é um pouco mais longo que o que eu estou agora. Como o estilo atual do Youngjae. Se não esse, então um estilo de cabelo que se espalhou muito pelos Estados Unidos ou pintar meu cabelo em um tom de azul marinho.

Aliás, BamBam foi o escolhido como o mais fashion dos membros do GOT7. Mas Mark também é um dos membros que mais gosta de moda. Como você se sente com tal responsabilidade?
MK: Haha. Eu reconheço um pouco, também. Meu interesse em moda é grande, mas eu não acho que me visto melhor que os outros meninos. Eu só caço o estilo que combina comigo e que eu quero tentar vestir, então eu não acho realmente que preciso ser o mais fashion.

Realmente os estilos do BamBam e do Mark são absolutamente diferentes, então não tem muito sentindo um ranking.
MK: Está certo. Já que os estilos são muito diferentes, isso não importa.

O quê em sua opinião faz do GOT7, o “GOT7”?
MK: Ser barulhento e fazer um caos. Hahaha

Um grupo que é cheio de energia como nenhum outro.
MK: Verdade! Eu acho que essa definição é apropriada.

Outros membros também disseram a mesma coisa. Que é necessário trabalhar muito no canto e na dança. Todos vocês parecem extremamente apaixonados.
MK: Verdade? Quando se trata de habilidade, nós ainda temos um longo caminho a percorrer, não temos?

Então que parte você quer desenvolver mais?
MK: Você pode me dizer qual só de nos assistir em programas de variedades. Quando é só nós, é extremamente divertido e alegre, mas assim que a gente vai nesses programas ainda é um pouco estranho e não é fácil abrir meu coração (relaxado/sem pressão). Eu preciso melhorar um pouco nessa parte.

Ah, então você está pensando também em programas de variedades?
MK: Não! (ri) Eu ainda não tenho confiança, mas eu preciso me abrir mais e deixar meu coração livre.

Não é engraçada (a pergunta), mas tem duas estradas: uma que todos te aconselham seguir e uma que é perigosa de seguir, mas você definitivamente quer tentar – qual você escolhe?
MK: Mesmo que seja perigosa eu vou escolher a estrada que eu quero seguir.

Mesmo que você se arrependa da escolha?
MK: Sim, mesmo assim quero fazer essa escolha.

4.jpg

Você na verdade é o tipo de pessoa que corre riscos na vida?
MK: Não. Eu acho que eu não posso correr tantos riscos assim. Hahaha.

Então isso é um esperança pelas coisas que você ainda quer fazer no futuro?
MK: Mesmo que eu queira fazer isso, eu ainda tenho uma imagem de idol na Coreia, então eu preciso ser cuidadoso. Quando eu estou nos EUA eu poderia ter esse tipo de escolha, mas na Coreia eu preciso fazer escolhas que sejam mais seguras.

Tem alguma coisa que você quer fazer, com certeza, mesmo que você precise lidar com o perigo? Não precisa ser algo que você quer fazer agora, só algo que você queira fazer um dia.
MK: Eu gosto de esportes radicais como salto de paraquedas ou bungee jump. Normalmente quando você salta de paraquedas, você está com um instrutor, certo? Eu quero tentar saltar sozinho uma vez.

O que o Mark está curtindo ultimamente?
MK: O jogo Battleground. Eu normalmente gosto de passar tempo sozinho e esse jogo é perfeito para essas ocasiões.

Tem alguma palavra chave que você queira acrescentar no nome do GOT7 esse ano?
MK: Hm…Eu quero acrescentar a palavra “Sempre.” GOT7 que sempre está com a gente e anda junto para sempre.

 

Jackson Wang  

O GOT7 tende a fazer músicas um pouco mais pop. Eu pessoalmente prefiro hip-hop ou R&B. Meu álbum solo, que vai ser lançado na China, consiste nesse tipo de música que eu quero fazer.

Eu ouvi que você tem uma grande responsabilidade na China. Na sua opinião, qual é a razão por trás de tanta popularidade e amor?
JS: Eu não sei a razão exata. Só “ser eu mesmo!” Eu só me esforcei muito e acho que as pessoas notaram.

O Jackson tem uma ambição, não importa quão grande ou pequeno, que ele sonha?
JS: As pessoas sabem da pessoa cujo nome é Jackson, primeiramente através de programas de variedade, e muitos ai só lembram de mim por causa do meu lado divertido, mas eu pessoalmente quero mostrar o lado sério, meu lado trabalhador, mas infelizmente parece que eu não posso mostrar muito desse lado. Agora eu quero mostrar  “esse lado de uma pessoa cujo nome é Jackson quando ele está trabalhando muito”  pela música que eu amo e outros projetos.

Quando eu te conheci pessoalmente, na realidade, ao invés de ver uma imagem brilhante que você tem durante os programas, eu vejo mais o seu lado sério.
JS: Eu acho que é porque eu brinquei muito no passado e as pessoas acham isso fofo. Também tem algumas pessoas que me esnobam. Por exemplo, quando eu estou trabalhando seriamente, em tempos em que eu estou fazendo negócios, muitos falam comigo em um tom de brincadeira e eu deixo passar. Mas quando você está trabalhando “conforme a música” você precisa superar esse tipo de coisa, não é? Quando é hora de brincar, eu definitivamente vou brincar, mas quando eu preciso fazer algo apropriadamente eu quero fazer assim.

Ultimamente todos os membros estão ocupados promovendo sozinhos. Tem algum  programa que você assistiu com os outros membros?
JS: Tempos atrás eu assisti Hit the Stage, onde o Yugyeom apareceu e dançou. Eu me senti muito orgulhoso e satisfeito.

Na opinião do Jackson, qual é a cor do GOT7?
JS: Ser capaz de tudo. Eu acho que nós somos um grupo que não combinamos apenas com um conceito mas que faz várias coisas funcionarem.

Então o que faz do GOT7, o “GOT7” na sua opinião? Tem algo que o GOT7 precise mais?
JS: Eu pessoalmente acho que nós precisamos melhorar nossas habilidades um pouco mais. Seja dançando, cantando, ou fazendo rap – nós precisamos ser bons em tudo.

5.jpg

Parece que todos os membros não sabem de nada além do trabalho. Eu estou curioso, qual o tipo de coisa que o Jackson pessoalmente curte?
JS: Hm… Nada interessante. Ah, quando eu estou fazendo projetos ou gravando programas! Quando eu estou trabalhando é o melhor momento para mim.

Você é realmente viciado no trabalho. (ri) Mas alguma coisa além do trabalho?
JS: Dormir! Eu amo dormir. Haha

Tem duas estradas que você pode seguir. Uma não parece interessante, mas é segura, e a outra é perigosa, mas é algo que você quer fazer. Qual delas o Jackson escolheria?
JS: Eu escolho aquela que eu quero seguir independente de quão perigosa seja. Eu estou vivendo assim por muito tempo. Eu desisti da esgrima, não foi? Eu acho que eu me esforçarei para não me arrepender da minha escolha.

Então qual a sua preferência na música? Não existe uma diferença entre a música do GOT7 e a música que você pessoalmente está buscando?
JS: (A diferença) definitivamente existe. Mas a música do GOT7 é a música de 7 pessoas, certo? Consenso é essencial nesse caso com certeza. Já que eu estou fazendo a música que eu quero fazer nas minhas promoções solo, está tudo bem.

Tem uma diferença entre os dois estilos de música?
JS: GOT7 tende a fazer uma música um pouco mais pop. Eu pessoalmente prefiro hip-hop ou R&B. Se você escutar o meu álbum solo que está para lançar na China, você entenderá. Eu gosto de R&B com uma base de hip-hop.

Que tipo de momento brilhante você quer criar esse ano?
JS: A turnê mundial do GOT7! Eu quero performar brilhantemente em diferentes países do mundo.

Tem alguma palavra chave que você queira adicionar ao nome do GOT7 esse ano?
JS: “GOT7, que terá sucesso em 2019 mesmo que isso não aconteça em 2018!” – mesmo que não consigamos esse ano, nós definitivamente conseguiremos ano que vem! 

 

PARK JINYOUNG

Seja o que for, quero experimentar tudo. Por exemplo, Keanu Reeves aprendeu a usar uma arma, a lutar judô e jiu-jitsu e até a fazer drift para filmar as cenas. Eu acho isso realmente legal. Eu também quero me tornar esse tipo de ator.

Parabéns! Você finalmente tem sua carteira de habilitação, você deve estar aproveitando e dirigindo bastante.
JY: Infelizmente, depois de obter minha licença, não tive oportunidade de dirigir ainda (risos). Eu não tenho tempo e tenho de esperar um ano após obter a licença para poder alugar um carro, então não tive a chance de dirigir.

Você pode dirigir o carro da família, não pode?
JY: Meu pai não permite (risos), ele diz que acredita em seu filho mas parece que não desta vez.

Então você fez uma lista de desejos para esse ano?
JY: Eu quero aprender como fazer café, então eu chequei isso. Se eu quiser me tornar barista, existem diferentes passos. Não preciso me tornar um especialista. Eu só quero aprender ao nível de quando eu estiver sozinho, conseguir fazer e apreciar.

Existe um motivo especial para isso?
JY: Enquanto eu estou seguindo a agenda eu compro e bebo muito café e embora eu não saiba muito eu ainda digo “Esse café é bom”. E mesmo eu gostando de café e bebendo bastante, sem saber realmente sobre os grãos de café, eu não sei se estou dizendo o certo quando digo “Esse é bom”. Por esse motivo eu quero aprender mais sobre o café, como um passatempo.

6.jpg

Você é um cantor mas também tem a postura de um ator. Você sempre parece arrumado, tranquilo e confiante. Existe algo que pode deixar você muito animado?
JY: Uma arma? (risos). Eu gosto de filmes em que as armas são usadas, especialmente John Wich: Reload. A coisa surpreendente sobre esse filme é que foi filmado com cenas longos, eu aprendi isso porque assisti ao vídeo de sua criação. Vamos dizer que geralmente são feitos 30 cortes de um minuto, mas para esse filme eles fizeram no máximo 10 cortes por minuto. O ator aprendeu jiu-jitsu sozinho para mostra a ação realmente, além disso, quando se trata de matar pessoas não é algo que ele tenha feito de uma vez, mas ele lutou com isso e seguiu em frente.

Você está ansioso para atuar em um filme de ação?
JY: Acho que eu gostaria de ação em vez de coisas calmas pelo o menos uma vez.(risos)

Você já fugiu de casa alguma vez?
JY: Quando eu era criança, eu me afastei por alguns minutos. Fiquei bravo com o meu pai e me afastei.

Ya – Isso não é fugir.
JY: Verdade. Infelizmente eu não tenho momentos de rebeldia.

De qualquer forma, você foi trainee desde jovem então você não podia ficar perambulando por ai.
JY: Eu não podia fugir. Porque não é assim, eu não podia agir como um bebê. Ser trainee não é como estar com a sua família. Isso não é o tipo de relacionamento onde você pode cometer um erro e eu sabia disso desde o inicio, então eu simplesmente não fiz isso.

Se você pudesse viver seus dias de adolescente normalmente, como seria?
JY: Eu não deveria fugir por alguns dias? Porque existem cenas assim em Kafta on the shore e The Catcher in the Rye. Esses são livros que eu gosto muito mas enquanto eu lia pensava “Por que eu não poderia experimentar isso? Por que eu obtenho essa experiência apenas indiretamente, através de livros?”

Ouvi dizer que como você é do tipo que normalmente lê muito e pensa muito, e fala de modo muito inteligente e prudente durante as entrevistas.
JY: Não é assim, isso é apenas algo natural quando falo.

Independente disso, há algo que você queira dizer? Mesmo já o tendo dito antes?
JY: Meu pai disse uma vez “As coisas boas não são boas e as coisas ruins não são ruins” . Minha vida não é um filme. Esse não é o fim então continue seguindo porque ninguém sabe se você poderá continuar mais tarde.

Você também está promovendo constantemente como ator. Há algum personagem que você queira fazer?
JY: Seja o que for eu quero experimentar tudo. Por exemplo, Keanu Reeves aprendeu a usar uma arma, a lutar judô e jiu-jitsu e até a fazer drift para filmar as cenas. Eu acho isso realmente legal. Eu também quero me tornar esse tipo de ator.

7

Existe alguma ambição ou alvo que Jinyoung tenha? Não importa o seu tamanho.
JY: Hm… Ficar fora de contato e viajar por um mês é uma grande ambição para mim. Eu gosto muito de viajar mas não posso fazer isso. Você aprende muito viajando, não?. Se você viaja sozinho, você deve fazer tudo você mesmo a partir da compra da passagem. Eu gosto muito disso.

Se você pudesse viajar, para onde iria?
JY: Hokkaid ou Akita no Japão. Ouvi dizer que é realmente confortável para alugar um carro e dirigir quando está nevando fortemente. E iria em fontes termais japonesas! (risos)

Na sua opinião o que faz o GOT7 “GOT7”?
JY: O um que não é um. Mesmo que tenhamos personalidades diferentes e que tenhamos estilos de música favoritos diferentes um do outro nós nos damos realmente bem. Eu e Jaebum hyung por exemplo, somos muito diferentes e gostamos de estilos de música diferente, mas muitos dizem que nos adequamos muito bem. Mas isso é também sobre todos os 7. Todos nós somos indivíduos, mas quando nos unidos como um grupo a sinergia é enorme.

Que tipo de momento brilhante você quer criar este ano?
JY: Encerrar os concertos com segurança e sucesso. Também quero lançar pelo o menos dois álbuns esse ano.

Existe alguma palavra-chave que você deseja adicionar ao nome do GOT7 este ano?
JY: Abrangente? (risos). Essa é minha opinião pessoal mas como estamos promovendo isso nos faz pensar sobre o que é a felicidade. Qual é minha verdadeira felicidade? Mais tarde, quando eu for mais velho e não tiver tantas atividades de promoção, o que seria capaz de me deixar realmente feliz.

Então você achou?
JY: Agora eu sou muito ansioso e isso é difícil. Eu realmente não sei. Durante o tempo em que estou ansioso desse jeito eu acho que não podemos ser quem deixaria as pessoas e fãs pensarem que sei exatamente qual caminho seguir? GOT7 não pode dar uma resposta concreta de qual caminho deve ser pego, mas quero que nos tornemos um grupo que pode mostrar pelo o menos uma pequena direção.

 

Choi Youngjae

Eu quero criar um programa de rádio, onde eu posso me comunicar com os ouvintes desde o primeiro minuto até o último. Eu quero escolher temas como amor e trabalho, assim todos (os ouvintes) podem se livrar de todas as suas preocupações enquanto falam comigo por telefone pessoalmente.

Tem uma coisa que quero te perguntar primeiro quando nos encontramos. Ano passado você colocou a meta de conseguir gomos no abdômen – você conseguiu?
YJ: Tem um, mas os outros 5 não, então é isso. (ri) Eu vou começar de baixo e gradualmente em um jeito calmo, ir construindo um por um – um gomo por ano. Eu ainda tenho muito tempo de vida para isso.

Então que tipo de meta você tem para esse ano?
YJ: Sempre a mesma. Cantar bem – essa meta nunca muda. Gente ao meu redor diz que isso (meu canto) melhorou, mas eu ainda estou abaixo do nível que eu quero atingir, então eu estou decidido a continuar tentando melhorar. Minha personalidade tende a exigir muito de mim mesmo. Mesmo que eu esteja constantemente trabalhando, eu não estou satisfeito.

Você é por acaso perfeccionista?
YJ: Não é isso… É só que eu tenho padrões muito altos (para mim). Em um nível que eu realmente não consigo me controlar.

Forçar a si mesmo assim tem alguns efeitos positivos também, mas às vezes pode ser uma razão que te deixe completamente cansado.
YJ: É verdade. Mesmo que tenha tempos que eu realmente me sinta assim, outros pensamentos vêm na minha cabeça novamente: “tem que ser tão difícil assim para melhorar novamente?” (ri). Se não é tão difícil, eu sinto que a minha habilidade não vai melhorar muito também. Você conhece esse sentimento? Quando é extremamente difícil você pensa “Ah, realmente, eu vou enlouquecer” – nesse nível – mas quando você está descansando você sente que “realmente valeu a pena passar o dia assim.”

8.png

Não faz muito tempo você foi para os Estados Unidos sozinho para ter lições de canto, certo? Teve algum momento que ficou guardado na sua memória?
YJ: Uma vez meu professor americano me fez cantar em um bar que ele trabalha. Ele me fez cantar a música de uma lição, que eu ainda não tinha praticado, imediatamente. Eu subi no palco sem pensar muito e cantei, mas então muita gente me elogiou. Ouvindo a minha música, eles ficaram animados, e teve gente que até dançou. Isso não é algo que você pode viver na Coreia. Então eu estava animado e foi divertido.

Essa experiência teve um efeito bom em você?
YJ: Eu ganhei um pouco de confiança. Eu não tenho muita confiança e aquele dia foi especialmente difícil. Mas como quando me lembro dessa experiência na América, fica um pouco melhor.

Se você tiver alguma chance, você planeja voltar a estudar novamente?
YJ: Sim! Eu vou novamente sem sombra de dúvidas. Não  importa se eu vou ficar sem dinheiro, eu gastaria todo o meu dinheiro no que eu quero fazer, eu posso ficar quebrado financeiramente, mas eu vou me sentir feliz. Porque quanto mais você investe, mais você ganha em retorno. Você pode parecer com um mendigo por fora, mas você vai ser rico por dentro. (ri)

Tem alguma coisa que você quer aprender além do canto?
YJ: Bateria. Mais ou menos um ano atrás eu assisti o Dowoon hyung do Day6 e eu achei muito legal. Cantar enquanto toca guitarra já é bem comum, mas bateria é algo novo.

Pode se tornar um bom hobby para aliviar o estresse.
YJ: Eu também tenho outra maneira de me livrar com o estresse. Eu jogo RPG. Quando se trata de canto, por mais que você faça isso, julgando da minha experiência, isso não manda completamente na sua mente, mas jogos são diferentes. Enquanto jogo eu começo a ficar preso nisso. Faz-me sentir satisfeito e feliz.

Tem alguma estrela que você olha e você se refere como seu modelo vocal?
YJ: Bruno Mars e Elliott Yamin.

Você na verdade já conheceu o Elliott Yamin, não é?
YJ: Nós também trabalhamos juntos. Até cantamos uma música juntos.

Para chegar nesse nível, você não é um fã bem sucedido?
YJ: Eu realmente não consigo acreditar nisso. É meio louco, não é? Nós estamos em um nível que nós sabemos o número um do outro e até nos falamos. Ano passado nós nos falamos no natal e no ano novo (ri).

9

Você disse que não está interessado em nada além da música, a única exceção é o rádio. Se realmente você tiver a oportunidade, que tipo de DJ você quer ser?
YJ: Eu não tenho nada específico em mente. Eu só quero criar um programa a onde eu possa me comunicar com os ouvintes. Eu quero escolher temas como amor e trabalho, então ao mandar suas histórias (os ouvintes), eles podem se livrar de suas preocupações. E também ligar pessoalmente para eles.

Qual é a melhor esfera em que você se sente mais confiante?
YJ: Eu ganhei um pouco de confiança. Eu não tenho muita confiança e aquele dia nos EUA foi especialmente difícil. Mas quando me lembro dessa experiência na América, fico um pouco melhor.

Para alguém que quer se tornar um cantor, o que deve estudar?
YJ: Música, com certeza. Se você quer se tornar um ídol no futuro com certeza você deve começar com canto e precisa de aconselhamento. Eu posso te dar uma boa resposta (ri).

E sobre o espaço entre a música do GOT7 e a suas preferências pessoas? Tem algo que você quer mudar no seu lado musical?
YJ: Para mim esse espaço é especialmente grande. As músicas do GOT7 são vivas e animadas, são cheias de energia, certo? Enquanto a música que eu busco é extremamente sonhadora. Outras músicas que eu fiz são extremamente obscuras. Meu humor é meio pra baixo (ri).

Parece assim que o GOT7 reúne emoções diferentes.
YJ: Nós incluímos esse tipo de música. Se eu fizer uma dúzia dessas músicas, uma é incluída.

Se você faz algo por muito tempo isso não acaba se tornando mais fácil? Tem algo que era difícil para você no começo e agora você acha que já está acostumado?
YJ: Cantar ainda é difícil para mim.

Além da música?
YJ: Então eu acho que dançar. Eu comecei a memorizar mais rápido os passos com certeza. Hahaha. Eu estava aprendendo a dançar para o Golden Disk por quatro horas e subi direto no palco. Olhando para isso eu acho que já me acostumei.

O que faz do GOT7, “GOT7”?
YJ: Para ser honesto, até para mim é difícil dar uma definição. Mas julgando pela imagem que nós temos você ainda pode ver que é refrescante (o sentimento).

Não é (uma pergunta) divertida, mas tem duas estradas: uma que todas te aconselham a seguir e outra que é perigosa de seguir, mas que você definitivamente quer tentar – qual você escolhe?
YJ: Aquela que eu quero seguir com certeza. Mesmo se eu falhar eu devo tentar pelo menos uma vez, não é? Não importa quão segura e feliz (a outra estrada) pode parecer por fora, mas eu não acho que meu coração ficaria feliz com ela.

Que tipo de momento brilhante você quer criar esse ano?
YJ: O momento em que o GOT7 vai receber um Daesang. Não que eu esteja triste, mas cada vez que eu vejo como as outras pessoas ganham a única coisa que me vem em mente é “O que falta na gente, o que nós precisamos fazer (para ganhar)?” Eu quero que nós estejamos nesse lugar um dia com certeza.

Tem alguma palavra chave que você queira adicionar ao nome do GOT7 esse ano?
YJ: Idol com Daesang! Eu quero receber um prêmio em todas as cerimônias que nós formos em 2018. Tem pessoas que recebem várias medalhas de ouro, certo? Eu espero que nós possamos fazer isso acontecer também.

 

BAMBAM

Eu gosto de musicas que tenham batida, mas também gosto de R&B tranquilo. Ultimamente estou escutando muito Snow do Zion T. e quando quero ouvir musicas mais emocionantes escuto, eu gosto de pop mais antigo como September ou Can’t Take My Eyes Off You.

Eu fui à Bangkok não faz muito tempo e fiquei feliz por ver fotos suas aqui e ali. Você realmente sente a popularidade que tem na Tailândia?
BB: Eu comecei as promoções individuais da Tailândia em 2017 mas todos as vezes em que fui as respostas foram rápidas. Eu faço muitas propagandas e a cada uma a visibilidade aumenta significativamente, mesmo as pessoas de mais idade me reconhecem. Porem eu conhecei a sentir isso sozinho esse ano. Comparando com antes, os anúncios individuais e em equipe aumentaram muito.

Você deve se sentir ainda mais feliz por ganhar popularidade em seu próprio país.
BB: Quando os outros membros também vão para a Tailândia todos gostam, então eu gosto disso também.

Em sua opinião como é ser um ídolo como profissão?
BB: Eu acho que é um trabalho com vantagens e desvantagens. Embora exija muito tempo, acredito que seja um trabalho necessário. Eu comecei muito jovem então não pude aproveitar minha juventude normalmente. No entanto, eu com certeza fui feliz e esse é um trabalho que te permite dar felicidade aos outros. Através desse trabalho posso ajudar as pessoas que gosto e acredito que isso lhe dá a chance de fazer algo que você queira fazer.

Imagine que você não debutou, há algo que você queira fazer como as pessoas normais?
BB: Quero experimentar a universidade, também quero fazer atividades extras dentro da universidade. Também quero viajar com tranquilidade para o exterior sem ser a trabalho. Apesar disso, também aprecio a vida na qual posso circular livremente por causa das nossas atividades de promoção. Se eu não tivesse debutado é algo que eu não teria experimenta, então eu sou grato por isso.

Como rapper, há algo que você pode considerar como uma vantagem pessoal?
BB: Se pensar, recentemente o hip-hop e o rap são tendência. Quando escrevo rap acho que eu posso mostrar o estilo recente. Não é como se eu não pudesse expressa-lo através da musica, mas sinto que quando escrevo o rap posso deixa-lo mais moderno. Porque se os raps de hoje estiverem cheios de tendências eles tem um sentimento mais sofisticados.

10

Recentemente você se dedicou mais a criação de vídeo. Como você começou?
BB: O meu hobby é assistir vídeos e filmes. Quando eu troquei de telefone, estava olhando e organizando as fotos antigas e percebi que não haviam tantas memórias quando achei que haviam. Naquele época fizemos uma turnê por vários países e então eu comecei a tirar muitas fotos e selfies mas mesmo assim não haviam tantas memórias quanto eu queria. Foi quando eu tive a ideia de começar a gravar vídeos e vi que isso me ajudaria a guardar ainda mais memórias.

Você disse que aprendeu vendo a vídeos no Youtube mas suas habilidades são excelentes.
BB: Acho que tive um bom começo. Através dos vídeos sou capaz de fazer muitas coisas. No recente propaganda de audições na Tailândia meu nome apareceu. Naquela época não era um simples vídeo de cumprimento ou saudações, eu fiz um vídeo me apresentando e o enviei. Quando eu faço vídeos é muito divertido mas isso me torna ainda mais ganancioso, eu lentamente me tornei mais ganancioso para uma melhor filmagem (risos) . Então eu filmo com o meu celular, também comprei uma GoPro e para formatos mais complicados eu utilizo um computador.

Se você continuar assim você eventualmente não pode acabar filmando a um MV?
BB: Agora não, mas eu não sei sobre o futuro. Não importa o quão cansado eu estou, trabalhar em vídeos durante toda a noite não me deixa cansado porque é realmente interessante.

Além de edição de vídeo você tem algum outro hobby?
BB: Recentemente eu aprendi a cozinhar na Tailândia. Eu acho que cozinhar no futuro não seria ruim, isso não é legal? (risos)

Oh, um homem que cozinha! Isso é realmente legal.
BB: Eu gosto de decorar o prato invés de cozinhar, eu penso em tentar sobremesas tipo bolo.

Falando sobre preferências musicais houve alguma mudança? Existe alguma diferença entre a música do GOT7 e suas preferências?
BB: Há algumas músicas que combinam comigo e outras não. Tem vezes em que eu danço agressivamente mas eu prefiro músicas tranquilas quando estou sozinho em casa, acendo algumas velas e toco músicas continuamente.

Que tipo de musica você mais escuta?
BB: Eu gosto de músicas que tenham batida, mas também gosto de R&B tranquilo. Ultimamente estou escutando muito Snow do Zion T. e quando quero ouvir musicas mais emocionantes escuto, eu gosto de pop mais antigo como September ou Can’t Take My Eyes Off You.

Essas são escolhas inesperadas.
BB: Quando estou trabalhando eu escuto musicas com batidas rápidas o dia todo. Por isso, quando estou em casa gosto de ouvir musicas mais lentas. Eu nem mesmo pendurei fotos minhas em casa porque quando estou sozinho em casa eu não quero viver como GOT7, quero ser apenas o Bambam.

11

Quando você faz algo por um longo tempo isso acaba se tornando fácil não é? Há algo que foi difícil para você no inicio mas que agora você já tenha se acostumado?
BB: Agora eu já estou acostumado com o meu trabalho. Não importa o que façamos sempre recebemos respostas positivas e estou satisfeito com os resultados. Para ser sincero eu não acreditava em mim mesmo mas a partir do momento em que passei a acreditas as coisas deram certo, agora eu acho que preciso continuar acreditando em mim. Mas também acredito que a edição de vídeo e a música devem se tornar mais difíceis para mim, eu não acho essas coisas fáceis, mas a coisa que posso fazer confortavelmente, sem pressão e alegremente é me apresentar nos palcos. Agora eu não tremo mais antes de subir no palco, eu me acostumei a isso e no momento em que eu subo no palco é apenas “Showtime”! Eu preciso mostras meus encantos lá. (risos)

Esse é um discurso muito profissional.
BB: Isso é engraçado. Quando temos que fazer algo divertido eu realmente sinto essa alegria, quando temos que fazer coisas sexys, eu realmente tento ser sexy. Ah, mas eu não consigo fazer coisas fofas (risos), as pessoas dizem que eu sou bom em fazer coisas fofas mas para mim eu realmente não consigo.

Que tipo de momento brilhante você quer criar esse ano?
BB: Quando lançarmos o próximo álbum, quero que tenhamos sucesso com ele. Assim como os membros ficaram mais maduros quero que aqueles que nos escutam também tenham esses novos sentimentos. Direto ao ponto, quando eles perguntarem “Você disse que é GOT7?” eu espero que eles pensem que nós melhoramos muito. Estou ansioso por esse tipo de resposta.

Então, qual é seu objetivo pessoal?
BB: Pessoalmente eu estou planejando mostrar um lado muito diferente de mim mesmo. Um lado um pouco mais maduro junto com a música e acho que também posso mostrar algo do lado da moda. Estou esperando o momento certo para anuncia-lo.

Existe alguma palavra-chave que você queria adicionar ao nome do GOT7 este ano?
BB: Não tenho certeza se realmente posso dizer isso, mas lendas! (risos) Há uma série de significados por trás desta palavra. Um GOT7 que você pode confiar, ouvir e assistir. Já que também é bom ser reconhecido pelo visual – “Sangrento de boa aparência” GOT7 também pode funcionar. Haha.

 

KIM YUGYEOM

Quando eu era mais novo eu pensei que queria me tornar um cantor como o Chris Brown. Mas durante os últimos dois anos eu acho que a música dele e a música que eu gosto começaram a se separar. Mas o álbum que ele lançou recentemente é realmente “Meu Deus!”. Há realmente muitas musicas que eu gosto, então eu fiquei realmente surpreso. Esse cara é realmente ótimo!

Durante os primeiros dias de estreia você foi apresentado como o maknae puro e a pureza se tornou seu símbolo. Você consegue reconhecer o fato de que recentemente você é apresentado como o maknae que não parece maknae?
YG: Eu reconheço plenamente isso (risos). Além de mim os hyungs sabem disso ainda melhor.

Quando foi o momento no qual você se sentiu extremamente não puro?
YG: Obviamente quando estou no palco, no passado eu ficava tímido ao ver a câmera mas minha personalidade mudou muito. Comparando com os primeiros dias de estreia agora eu acho que estou mais concentrado em meus fãs, quem eu realmente valorizo. Quero trata-los com ainda mais gentileza e de forma ainda mais agradável, esse tipo de coisas.

O que ainda é bom em ser maknae?
YG: Hum… Em ser maknae, antes de tudo, é que os hyungs me tratam confortavelmente como amigo. As vezes acontecem choques de opiniões e conflitos mas toda vez que isso acontece sinto que eles mostram muita compreensão.

Ouvi dizer que quando você dança exala confiança, o que é dançar para Yugyeom?
YG: É um ponto de mudança em minha vida! Sonhei em ser cantor desde o 4º ano da escola primaria, por esse motivo eu queria aprender a dançar e a partir disso tornar-me uma pessoa que pode dançar com confiança em qualquer lugar. Acho que o mais importante é você gostar do que está fazendo e eu tenho orgulho de ser cantor, de ser idol.

Seu sonho se tornou realidade. O que é que apenas as performances do GOT7 tem?
YG: No passado dissemos que são artes marciais e truques mas agora eu sinto que podemos fazer qualquer coisa, podemos falar também da dança em grupo ou o estilo JYP incluindo as artes marciais! Haha.

Vocês são perfeitos.
YG: Acho que podemos dizer assim, em vez de perfeitos nós somos um grupo capaz de fazerem qualquer coisa. Mostramos tudo durante o Golden Disk Awards, começando pelo ritmo levemente até nosso grupo dançando e artes marciais.

12

JJ Project recomendou Yugyeom e Bambam como outra unit para o GOT7, você gosta dessa ideia?
YG: Eu gosto. Eu estive com Bambam durante 24h por dia desde os nossos dias de trainee, eu nem preciso dizer que nos conhecemos perfeitamente. Desde os dias de trainee experimentamos muito como uma equipe e acho que combinamos muito bem, mas eu também acho que seria bom tentar units com cada membro, um por um.

E quanto ao lado musical? Existe uma lacuna entre a música do GOT7 e suas preferências musicais?
YG: Como GOT7 é um grupo, nós fazemos musica pop e todos os membros gostaram da última música que fizemos You Are. Olhando para isso, mesmo que os gostos dos membros sejam diferente, todos nós gostamos de coisas parecidas. Quanto a mim, eu gosto de R&B sexy e moderno. Há algumas músicas dos álbuns do GOT7 que também se adaptam ao meu estilo.

Eu acho que esse humor combina muito bem com o GOT7.
YG: É por isso que que a diferença entre a música do GOT7 e a que eu gosto não é tão grande. Mas eu devo fazer músicas R&B mais sexys com a batida que estou procurando e colocar em meu SoundCloud?

Dê um exemplo desse tipo de música de que você está falando.
YG: Algo como trap soul como no álbum do cantor Bryson Tiller, Trap Soul. Quando se trata de batida eu me sinto como em uma armadilha. Geralmente é usado muito no hip-hop. Essa batida é forte e extravagante. Eu estou fazendo músicas tipo R&B com esse tipo de batida. Recentemente eu estou gostando de músicas assim, então eu estou ouvindo isso com bastante frequência.

Quais músicas você está ouvindo com frequência nestes dias?
YG: Principalmente, eu escuto o novo álbum de Chris Brown. Eu amo sua música desde o início. Desta vez, existem 40 músicas em um álbum.

É mesmo um número possível de músicas?
YG: Quase impossível! Realmente eu acho que Chris Brown está trabalhando duro. É possível incluir 40 músicas em um álbum, mas é quase impossível fazer todas as músicas com a boa qualidade. Não há músicas pop e altamente viciantes como Turn Up The Music e suas músicas antigas, mas a qualidade de todas as músicas é realmente alta.

Parece que o impacto que ele tem mudou.
YG: Quando eu era mais novo eu pensei que queria me tornar um cantor como o Chris Brown. Mas durante os últimos dois anos eu acho que a música dele e a música que eu gosto começaram a se separar. Mas o álbum que ele lançou recentemente é realmente “Meu Deus!”. Há realmente muitas músicas que eu gosto, então eu fiquei realmente surpreso. Esse cara é realmente ótimo!

Existe uma pequena alegria pessoal sua que você descobriu recentemente?
YG: Isso é realmente súbito, mas acho que quero tentar ler livros. Para ser honesto, você pode contar com os dedos de uma mão a quantidade de livros que eu li na minha vida (risos). Literalmente, li um livro Psicologia Perigosa e me sentia interessado. Se você lendo enquanto está deitado e ouvindo música, você pode se concentrar corretamente e foi assim que percebi a alegria de ler.

Que tipo de momento brilhante você quer criar este ano?
YG: Eu quero ir até um lugar onde quando nós pensarmos nisso será como : “ah, realmente estamos indo a esse lugar” É certo que o GOT7 tem que ter seu tempo para brilhar porque quando uma pessoa como eu realmente brilhar então ficarei muito feliz.

Youngjae nos fez uma promessa. Ele disse que vocês receberiam Daesangs em todas as cerimônias de prêmios este ano. (sorrisos)
YG: Eu acredito que podemos fazer isso.

Existe alguma palavra-chave que você deseja adicionar ao nome do GOT7 este ano?
YG: “fato” GOT7! Quero adicionar uma palavra “fato”. GOT7, é confiável ouvir e assistir. Desta forma, parece ser muito bom. Eu acredito que podemos fazê-lo!

 

 

Fonte: @IGOT_MARKEDBY7
Tradução:
Puppy e Tammi~
Revisão: L.M.S e Jacke
Não reproduzir sem os devidos créditos!

Entrevistas

Jackson para Men’s Uno Hong Kong edição de Janeiro de 2018

DSTjWzwWsAAHFqp

REI NOVATO DA CORÉIA E DE HONG KONG

Aposta de alto risco

“Gostei de música desde que nasci. Lembro-me de ficar doente quando tinha 7/8 anos e minha mãe comprou um DVD do Michael Jackson. Eu escutei isso enquanto estava deitado desconfortavelmente e então me lembrei da música. A partir daí, eu já gostava de dançar. A música que eu queria performar era <Scream>. Naquele momento eu ainda era estudante e atleta. Meu interesse era música. Naquela época, pensei que a música era muito divertida, muito atraente. Sempre pensei que, se houvesse uma chance de fazer música, quão bom poderia ser? Falando sobre isso quando eu era jovem, pensei que era uma conversa fiada até ter uma chance de entrar na indústria. Lembro-me que foi em 2008 que alguém começou a ficar de olho em mim. Mas naquela época eu era muito novo e meus pais estavam ambos muito preocupados com essa linha de negócios, então não entrei na indústria”.

Embora as chances não venham apenas porque alguém diz, Jackson ainda teve uma segunda chance e desta vez ele não vai deixá-la escapar novamente. “Em 2010 e 2011, uma empresa de entretenimento me observou de novo. Naquela época, pensei comigo mesmo, as pessoas já estão vindo até você pela segunda vez. Isso realmente significa alguma coisa? Não há razão para que uma coisa aconteça duas vezes. É sorte ou qual é o motivo? Depois de pensar nisso, refleti que eu realmente gostava de música. Ainda que naquela época meus resultados de esgrima e acadêmicos não fossem ruins e meus pais até disseram que eu era mestre da espada e da caneta, pensei que nós só vivemos uma vez, então por que não posso me dar mais escolhas? O risco pode ser muito alto, mas eu ainda decidi deixar de lado o que possuo e tentar algo novo que eu não sabia se conseguiria ter sucesso”.

“Na verdade, essa era uma aposta de alto risco, mas acho que ninguém pode compreender como eu me sentia então. Quando todos estavam preocupados comigo, eu por outro lado pensei que isso valia a pena. Eu escolhi esse caminho sozinho. No futuro, mesmo que eu falha ou seja bem-sucedido,me responsabilizarei por isso. Eu vou ser feliz. Mesmo que eu perca, vou perder por conta própria. Tenho muito medo de ter arrependimentos. Tenho medo de que, quando tiver 80 anos, eu diga a mim mesmo que na verdade eu poderia ter feito isso, ou poderia ter feito aquilo. Mas apenas dizendo, não na forma de agir. Não quero ter nenhum arrependimento. Mesmo que a música que eu faça não seja popular, não seja bem feita ou eu não consiga administrar, já que eu decidi fazer isso, sou feliz por fazê-lo, então não vou ter arrependimentos.” Tenho certeza de que os resultados da aposta da vida de Jackson estão aí para todos verem.

A vantagem de um ex-atleta

Do conhecimento de um leigo, sabe-se que os atletas geralmente se concentram em uma rotina, mas Jackson quebrou esse mito. “Quando eu era um atleta, eu realmente não tinha muito bem estabelecido uma vida ou uma rotina. Eu só esperava (de mim mesmo) fazer o melhor, então eu não podia simplesmente fazer isso desanimado em um tempo limitado. Eu fazia isso especialmente para ter a máxima perfeição dentro das minhas capacidades. E ser um artista é ainda mais difícil do que ser um atleta. Talvez porque eu tenha a base de um atleta que está disposto a passar por momentos difíceis, então sou capaz de passar por momentos ainda piores. Quando eu quero conseguir algo, eu faço isso a todo custo, faço com mais motivação, perseverança e sem ter medo de quão difícil possa ser. Eu poderia ter as altas expectativas que um atleta tem para si mesmo. Mesmo que outros digam que eu já estou indo bem, especialmente minha mãe que muitas vezes me diz que eu posso fazer uma pausa e não exagerar, etc, dizendo coisas para me consolar, eu ainda gostaria de continuar fazendo isso no extremo. Isso é porque o que importa pra mim não é o quão alto eu já subi, mas o quanto eu ainda tenho que alcançar antes de atingir o topo”.

Tendo já debutado há vários anos, Jackson tem uma lista de tarefas em sua cabeça. É uma série de planos de trabalho que ele deseja realizar. Mas quando ele foi questionado sobre quando ele gostaria de concluir esses planos, ele disse de forma racional que precisa dar um passo de cada vez: “O tempo não é um ponto importante. O ponto importante é realizar cada desejo um a um”. Existem muitos projetos de trabalho na lista, qual é o mais importante? Jackson está atualmente se concentrando em música. “O foco principal agora é a música, ainda não existe um trabalho paralelo. Não tentei atuar, no máximo apenas como convidado figurante. Claro que estou interessado em tentar atuar, mas só vou tentar quando estiver pronto. E eu também teria que ver se o roteiro é adequado para mim. Eu gosto mais de filmes de ação, filmes de ladrões e polícia. Atuando no palco, além do rap na minha performance, também há truques de artes marciais. Isso não é ginástica ou dança de rua, mas é semelhante a adicionar alguns movimentos de dificuldade do salto mortal para o kung fu e a mistura disso se torna street style. Não criei isso, a América tem isso há muito tempo atrás. Nós apenas extraímos os nutrientes e mudamos.”

Atacar-me é me seguir

A composição da música geralmente é feita por uma divisão de trabalho entre várias pessoas, mas Jackson gosta de fazer tudo em sua própria música. Ele é tão detalhado que ele não quer que os outros decidam como ele atua no palco. “O mais divertido é compor minha própria música, escrever letras, ter a melodia, gravar, misturar os sons, controlar os sons, depois ter uma reunião sobre como eu quero filmar o MV, decidir o que vestir, o conteúdo, filmando o MV, editando o MV e depois decidindo como executar no palco,o tipo de iluminação para usar com os dançarinos, até voltar tudo de novo, e uma vez que tudo esteja completo soltar um grande suspiro. Esse sentimento é o melhor. É como se eu criasse algo. Eu fiz algumas coisas. Originalmente não estava neste mundo, é algo que eu fiz sozinho. É como meu filho biológico. Isso pertence a mim. É um tesouro que não vai “desaparecer”. Não será roubado pelos outros.” Mas essa maneira de fazer as coisas pode tornar-se muito subjetiva. Você tem medo de outras críticas? “Muitas coisas no mundo do entretenimento são muito subjetivas. Não importa o quão bem você faça, também existem pessoas pensando que não é bom, não gostando. Eu costumava estar atento ao que outros pensavam no passado. Mas depois de pensar nisso, não vivo e nem trabalho para essas pessoas. Há pessoas que gostam e não gostam de mim. Se você mudar sempre que alguém não gosta de você, então nunca vai ter fim. Ultimamente, eu não tenho me importado mais. Eu acho que se você me atacar também está sendo legal comigo porque está me seguindo. Tenho muito medo de que você nem me atacar queira.

O passado, presente e futuro

No passado, Jackson, que era atleta de esgrima, tinha uma imagem muito boa. Mas essa imagem que fez as pessoas o invejarem não era realmente nada quando ele entrou em um grupo de idols. Era mesmo um fardo. “Por ter praticado esgrima, minhas pernas foram treinadas até ficarem muito musculosas. Isso não era ruim para um atleta, mas quando eu me tornei um idol, os outros seis membros tinham todos pernas de palito. Suas pernas eram magras e bonitas. Olhando para mim sozinho, você pode pensar que é bastante másculo, mas quando eu paro ao lado deles é como uma perna de elefante. Agora eu já reduzi muito o tamanho delas. Isso é o contra de ser um atleta.” No presente, embora Jackson já tenha conseguido se transformar, muitas pessoas ainda usariam o nome [Ex-atleta de esgrima] ao apresentá-lo. Mas ele não se importa com isso. “Isso é um fato, não é uma coisa ruim [Ex-atleta de esgrima] Eu amo isso! E você também não pode realmente dizer que eu tenho sucesso na minha transformação, não agora. Ainda tenho um longo caminho a percorrer. Eu apenas comecei a voltar a fazer as músicas que eu gosto, por isso não importa.” Para o futuro, Jackson vê isso desta forma: “No futuro, os preços dos imóveis de Hong Kong continuarão a aumentar e os preços dos bens também. E também espero que no futuro, o círculo de entretenimento de Hong Kong também tenha um personagem chamado Jackson”.

 

Fonte: 슨shine’s Ying
Tradução:
Jacke
Revisão: L.M.S
Não reproduzir sem os devidos créditos!

Entrevistas

Entrevista com VJ Nick da MTV sobre a viagem do Jackson a Londres

0062Mqe2gy1flugi45ss3j31ww2pge84

Q: Em primeiro lugar, gostaríamos de agradecer a Nick por aceitar nossa entrevista, esses poucos dias em Londres devem ter sido difíceis. Gostaríamos de saber se você sabia sobre Wang Jia Er antes da programação?

Eu assisti alguns de seus shows de variedades, alguns dos shows que produzem um time com o qual eu trabalhei o conhecem muito bem, e tenho bons amigos que participaram de um show de variedades em que ele estava. A opinião de todos sobre ele era um amor, se apaixonaram por ele depois de trabalhar como agente de artistas naquela variedade, porque o horário de Jia Er está sempre cheio. Sempre que a mãe de Jia Er quer enviar-lhe coisas, ela envia para a casa de meu amigo. Por exemplo, coisas como necessidades diárias, ou vitaminas, remédios, porque sua agenda está sempre lotada e ele pode pegar um resfriado.

Q: Uau, muito inveja deste amigo. Também espero que Jia Jia possa cuidar bem da sua saúde e não deixe sua mãe e nós preocupados. Qual foi a sua primeira impressão de Jia Jia?

Na verdade, fiquei chocado com o número de fãs naquele dia. Não esperávamos que houvesse tantos fãs que o recebessem no aeroporto. Anteriormente, quando planejamos o EMA, não levamos em conta a forma como o número de fãs afetaria a filmagem. Ainda não sabemos se as filmagens podem ser utilizadas ou não. Normalmente, quando o vejo, ele está mais animado, mas esse dia, talvez devido à longa duração do voo, sua expressão e condição geral pareciam bastante cansadas. Lembrei muito claramente, quando ele saiu, ele me disse: “Você deve ter esperado muito”, eu disse: “Não, não, os fãs esperaram muito”. Então ele disse que sentia muito por fazer todos esperarem tanto tempo. Eu apenas sinto que ele está sempre pensando nos outros o tempo todo. Então ele disse que ele pegou o voo para Londres imediatamente depois que a Gala “Double 11” terminou. Perguntei-lhe como foi o descanso dele, e ele disse que não descansava bem, porque ele realmente não dormia enquanto estava no avião. Perguntei-lhe o que ele estava fazendo, ele disse que estava trabalhando em suas composições e músicas novas na maioria das vezes. Provavelmente, porque os fãs estrangeiros têm poucas oportunidades de vê-lo, então quando uma oportunidade rara vem, todos vão vê-lo.

Q: Pedimos desculpas se causamos problemas à filmagem da MTV. Jia Er estava se preparando para sua nova música que deveria ser lançada no final deste mês? Você poderia nos contar algumas coisas que poderiam ser reveladas?

(Por causa de spoilers, a resposta de Nick não foi divulgada)

Q: Uau, isso é muito emocionante! Coçando minhas mãos de ansiedade! Foi a sua primeira vez em Londres? Existem lugares memoráveis ​​que você pode recomendar?

Sim, foi a primeira vez para nós. Fomos a alguns lugares relacionados à música. O mais memorável foi Abbey Road. Há um estúdio Abbey Road, é um estúdio mundialmente famoso. Então, procuramos alguns lugares relacionados aos Beatles e encontramos essa faixa de pedestre. Inicialmente, eles queriam que Jia Er e eu imitássemos a capa do álbum pelos Beatles na faixa de pedestre. Mas ele tem uma imaginação muito ativa, ainda nos divertimos durante muito tempo, mesmo quando o tempo estava muito frio, e até sugeriu que nós dois deitássemos no meio da pista. Havia muitos carros também, então nós não conseguimos capturar o momento por nós mesmos, porque aconteceu tão rápido! Ele disse “3,2,1, vai!”  e nós nos deitamos no chão. Talvez a filmagem gravada possa ter pegado. E nós imediatamente levantamos e saímos porque havia muitos carros. Foi realmente muito emocionante no local.

Q: Falando em tirar fotos, vimos no seu Weibo que Jia Jia tirou fotos de você. Você pode avaliar o padrão do fotógrafo Wang?

Inicialmente, pedi ao meu colega que me ajudasse a tirar as fotos, então, Jia Er disse, “Deixa, deixa que eu te ajudo”, e você deve ficar assim e depois assim (explicando as poses). Eu senti que as fotos ficaram ótimas! Ele é bom em tirar selfies, então as poses e os ângulos que ele pediu para fazer eram bons.

Q: Tem alguma comida especial do Reino Unido que vocês comeram?

Na verdade, nossos horários de filmagem estavam muito apertados. Ele veio no primeiro dia, participou do show de prêmios no segundo dia e teve que sair na manhã do terceiro dia. Muita correria para as filmagens, e pelo tráfego no Reino Unido ser bastante congestionado às vezes, não tivemos muito tempo para as refeições. Nós falamos isso com ele anteriormente, e ele disse: “Ah, está tudo bem, está tudo bem. Todos nós temos as filmagens como nossa prioridade”. Por isso, tudo o que tínhamos eram refeições muito simples, mas no dia em que chegamos ao London Eye, ele continuou perguntando se poderíamos experimentar os cookies ingleses. Então, depois de descer do London Eye, a equipe comprou-lhe alguns para comer no carro.

Q: Nós vimos em seu Weibo que Jia Jia preparou presentes e pequenos lanches para você, o que eram?

Tivemos que caminhar da Abbey Road para outra loja de raridades para filmar, e enquanto caminhávamos, ele falou: “Uau! Loja de conveniência!” Ele viu uma loja de conveniência e entrou. Como a filmagem não era permitida na loja, fui com ele. Ele comprou muita coisa. Talvez tenha memórias sobre isso quando ele era criança. Então ele foi comprar bebidas para todos do time de filmagem e para sua equipe. Passamos bastante tempo lá antes de sair. Ele só queria comprar coisas para todos quando via algo. Quanto aos presentes, é assim, a loja de raridades para a qual fomos o proprietário tinha muito interesse pelos Beatles, e Jia Er gosta de conversar com pessoas, então ele estava falando com o proprietário sobre os Beatles, e se interessou por um boné deles. Ele se sentiu ótimo depois de experimentar, e disse “Ge, experimenta um você também”, mas eu tinha muito spray no cabelo naquele dia, e o boné não ia caber. Ele pegou um que ele sentiu que poderia caber na minha cabeça e comprou para mim. Durante toda essa viagem, antes mesmo de começar a filmar, ele continuou comprando coisas para nós. Acho que ele estava realmente entusiasmado por chegar a Londres, mas a verdade é que seu corpo estava muito exausto.

Q: Havia alguma conversa ou coisas interessantes que vocês pudessem compartilhar durante sua aventura?

As partes mais interessantes foram realmente no carro quando estávamos indo de um local para outro, porque falamos quando nos sentamos juntos. Inclusive ele deixando eu ver seu MV, e os ovos que ele comeu para tirar os brinquedos (provavelmente kinder ovo). Seu manager o impediu de comer demais, porque ele poderia ganhar peso, então ele disse que não, eu só posso dar-lhe mais um. Então ele disse: “Apenas me dê mais um. Vou dividir com todos”. Então, todos estavam apenas o ajudando a comer. Dentro do primeiro ovo tinha um pião, aqueles piões que ficam girando, onde você simplesmente puxa e ele gira no chão. Então ele começou a compartilhar sua história sobre piões… Ele participava disso quando ele estava estudando, ele realmente gostava de brincar com isso, e ele era muito ágil com as mãos, e acrescentava muitas lâminas minúsculas no pião.

Provavelmente, de volta a Hong Kong, ele e os colegas de classe vão competir uns contra os outros com piões, onde sairá faíscas quando o pião girar muito rápido. Naquela época, entre eles, não eram os resultados acadêmicos que determinavam se sentiam que eram ótimos. Na época, entre os meninos, era quem era melhor girava o pião que determinava quem era a melhor pessoa. Ele era muito específico, até disse que a competição começou individual, depois subiu para série vs série e, finalmente, a escola vs escola. Foi dito que a melhor pessoa poderia receber um prêmio em dinheiro de um a duzentos dólares de Hong Kong. Foi uma grande honra para ele no momento. Ele disse que o melhor que ele fez foi ganhar cerca de vinte dólares quando participou da competição. Bondoso,  ele é o tipo que diz, “ah,vou estudar”, quando seus pais lhes diziam para que estude, mas que  jogava secretamente sem que sua família soubesse. Incrível.

Q: O mais importante, os resultados acadêmicos de Jia Jia eram bons, realmente invejáveis de um garoto como ele que é bom em tudo o que faz. Alguma experiência especial ou sentimentos que teve enquanto estava passeando com Jia Er?

Passando dois dias com ele, eu sinto que na verdade ele está realmente cansado, mas ainda assim enérgico. Nossa agenda estava extremamente apertada para o primeiro dia, após nossa última parada na Trafalgar Square onde nós assistimos uma performance do U2, todo mundo estava cansado. Mas havia uma festa oficial ou coisa assim que seria das 22 às 3 da manhã depois disso. Jia Er secretamente me perguntou, “Você está bem? Você quer vir comigo?” Isso e aquilo. Ele continuou falando comigo em cantonês, e disse, “Você quer perguntar para o seu chefe se você pode vir comigo?”. Mas pelo fato de que seu staff estava se sentindo doente, nós não pudemos ir afinal. Eu sinto que ele fica extremamente animado quando ele está em um lugar que ele gosta, ou num lugar que tem música que ele gosta, como hip hop ou eletrônica, que deixam a atmosfera bem elevada.

Q:Anteriormente no roteiro para Go Fridge, havia uma seção especialmente mencionada que diz: “Se Wang Jia Er não cooperar” Ao entrevistá-lo, houve casos em que sua incrível imaginação poderia ter levado a entrevista a uma direção diferente?

Na maior parte do tempo nós fomos a direções diferentes do roteiro, haha. Nós fomos para o East London, onde tinha uma loja de discos chamada Rough Trade. Dentro, há muitos discos de bandas locais ou eletrônicas. Nós tínhamos planejado falar mais sobre os mais populares que gosto, Adele ou Bob Dylan, em diferentes seções. Quando ele entrou, ele estava realmente focado em uma área, que era a de hip hop. Ele cantava e conversava enquanto segurava um disco, e cantava e conversava enquanto segurava outro. Nesse ponto, você perceberia que, uau, ele realmente ama hip hop. Decidimos no último minuto que falaríamos sobre hip hop. Em nenhum momento o diretor discutiu o roteiro conosco. Ele disse, “Está tudo bem, vocês dois apenas falem sobre o que quiserem”. No entanto, mesmo quando estávamos falando sobre coisas aleatórias, Jia ainda tinha muitas coisas para dizer. Durante esses dois dias ele estava bem na frente da câmera, mas na verdade ele se sentia realmente cansado e um pouco doente.

Q:Tanto você quanto Jia Jia são anfitriões, mas estão desafiando diferentes papéis. Você encontra alguma semelhança entre você e Jia Jia?

Uau, ele é muito melhor do que eu. Eu sinto que somos bem diferentes. Os elementos sobre ele são mais globais, enquanto aqueles que se formaram em instituições formais de volta para casa parecem estar muito padronizados. Eu sinto que a imprevisibilidade em seu pensamento é algo que eu preciso aprender com ele. Ele se concentrará mais na música no futuro, o que é algo em que nos interessamos. Fiquei muito feliz em trabalhar com ele nesta época. Depois que ele voltou dos EUA, agendamos para um programa da MTV, então ainda nos encontraremos novamente. Talvez então possa ser  mais tranquilo e não tão frenético quando caminhávamos ao ar livre.

Q: Muito agradecido à MTV por fornecer a Jia Jia a oportunidade de ser o Embaixador da Grande China no EMAs. Jia Jia tornou-se mais reconhecida após o evento. Gostaríamos de saber se a MTV gostaria de trabalhar com Jia Jia no futuro?

Quando estávamos passando pelo rio Tamisa, ele estava adivinhando quem ganharia os prêmios no EMAs. Nós conseguimos adivinhar sete prêmios, e haveria recompensas e penalidades. Então ele disse que se ele tivesse acertado três ou quatro, a MTV teria que tocar o seu MV  por um mês.Também disse que, se ele acertasse cinco ou seis, uma pessoa da MTV teria que ir ao estúdio dele para limpar os sapatos de todos do estúdio. Ele mencionou penalidades que eram muito interessantes. Então eu perguntei, “e se você não acertar nenhum?”, e ele disse, “então uma pessoa do meu estúdio iria para a MTV para limpar os sapatos de todos”. Coisas muito interessantes assim.

Mais profissionalmente, a MTV terá mais colaborações com Jia Er no futuro, incluindo a promoção de sua nova música. Haverá também uma gravação para um segmento chamado “Manchetes”, onde há uma atração principal para a MTV todos os meses. Talvez este mês ele complete a gravação e, no próximo mês ou no mês seguinte, ele seria a atração principal. Basicamente, é algo como um embaixador para o mês, seria ele inteiramente.

Q: Por favor, descreva Jia Jia em três palavras, ou os sentimentos que ele lhe deu.

Pensamento imprevisível, dedicado ao seu trabalho.

E mais uma avaliação seria dele, eu escreveria “faz o coração doer”. Porque eu vejo os seus horários futuros e o estado em que ele está trabalhando todos os dias, ele não tem tempo para refeições adequadas. Em uma semana, ele voou do Reino Unido para Guangzhou para Chongqing, para Pequim e para Los Angeles e voltou. Eu me sinto do mesmo jeito que vocês, que ele precisa prestar mais atenção ao cuidado de seu corpo… Eu sinto muito por ele.

Q: Por fim, dê a Jia Jia uma palavra de consentimento. Desejamos que sua carreira também floresça, e obrigado novamente.

Espero que ele possa deixar uma profunda impressão para todos com sua música no futuro. Ele me deixou uma profunda impressão durante esse período, que é que as pessoas o conheciam principalmente através de shows de variedades, e as pessoas acham que ele traz muita alegria e que transmite um alívio com seu humor. Mas eu sinto que ele é um cantor em primeiro lugar, e ele tem uma enorme presença carismática no palco, então espero que mais pessoas possam reconhecê-lo por sua enorme habilidade nesta área e que ele possa ter mais e melhores trabalhos para todos.

 

Fonte: Weibo
Tradução CH-ENG:  

Tradução ENG-PORT: Jacke
Revisão: L.M.S
Não reproduzir sem os devidos créditos!