Entrevistas

Mark Tuan – CeCi China Janeiro de 2019

Agarre a oportunidade

 “Estar no palco é o meu momento mais feliz”

Encontramos Mark Tuan no inverno de Beijing para o ensaio fotográfico. Mark Tuan chegou de noite ao local do ensaio.  Mesmo que seus compromissos estivessem cheios naqueles dias, ele ainda estava cheio de energia, e não tinha nenhum sinal  sequer de cansaço. Ele estava tipicamente introvertido e tímido, mas também estava cheio de expressões durante a sessão. Quando a câmera estava filmando o “por trás dos bastidores”, ele imediatamente mostrou seu lado tímido e disse a equipe para “não olhar”.

Vir para a China dessa vez pode-se considerar uma viagem gratificante para ele. Present: You, o terceiro álbum completo do GOT7, o grupo no qual ele está, recebeu certificação platina do Gaon Chart; a faixa título do álbum, Lullaby, também recebeu primeiros lugares consecutivos em programas de música como Music Bank e Inkigayo, estabelecendo o recorde de 7 primeiros lugares consecutivos.

Esse ano já é o 5º ano desde que Mark Tuan debutou. Mark fez o ensino médio nos EUA. Pensando lá atrás nos dias como um estudante, ele lembrou que estava sempre na praia todo o verão. Frequentemente surfava e nadava com seus amigos. Depois da escola, ele ia para a churrascaria com um grupo de amigos e bebia. Quando estava no ensino médio nos EUA, já era muito interessado em música. Naquela época,  além de ouvir música em seu MP3, ele também comprava os álbuns físicos.

Ele era mais interessado em hip hop, e gostava especialmente do Eminem. “Entre as músicas do Eminem, minha favorita é When I’m Gone. Também assisti o filme 8 Mile Road, no qual ele atua.” Naquela época, fosse no caminho da escola ou quando estivesse se exercitando,  Mark Tuan gostava de colocar seu fone de ouvido e escutar música enquanto caminhava.  Foi quando, então, que gradualmente cresceu seu amor e sentimentos pela música. Mas uma vida tão tranquila não durou muito tempo – enquanto estava na escola, Mark Tuan foi inesperadamente abordado por uma equipe de uma empresa estrangeira e foi convidado para uma audição. Isso iniciou sua carreira na indústria de entretenimento.

Ano de 2010, o ano em que Mark tinha 17 anos, ele foi para a Coréia sozinho, tornou-se um trainee, e começou sua vida de treinamento. Antes de ir para a Coréia, Mark Tuan não havia aprendido a cantar, não sabia a língua coreana;  pode-se dizer que ele era “uma folha de papel em branco”. Foi durante os dias de trainee que ele começou a ter aulas de canto, e também começou  a aprender habilidades como dança e artes marciais. Ele tinha que colocar esforço extra comparado aos outros.

“Eu não sabia cantar e dançar, não sabia coreano e nem fazer rap, mas tive que aprender tudo isso ao mesmo tempo, todos os dias. Foi difícil lá atrás.”   Mesmo que seus dias fossem agitados, Mark Tuan nunca sentiu que estivesse exaustivo, ele ria e dizia, “Felizmente, a  comida coreana agrada meu paladar”. Mark Tuan entrou na empresa em Agosto de 2010, e debutou em Janeiro de 2014. Ele se tornou rapper e responsável pelas artes marciais no grupo. Ele também participou na composição de letras das músicas. A vida de  três anos e meio como trainee, e Mark continuou crescendo, lentamente se transformando de um novato para  um artista qualificado.

Inicialmente quando  era um trainee, ele não tinha muitos fãs. Às vezes, quando  encontrava pessoas que lhe entregavam cartas ou bebidas, ficava muito surpreso, e pensava que já que ele ainda não tinha debutado , por que estava recebendo presentes? “Antes do showcase de trainees, exceto as cafeterias e restaurantes próximos ao prédio ou lugares que eu frequentava, seria muito difícil me ver em outros lugares. Senti que era incrível que eles se tornaram meus fãs.”

O Mark Tuan de 25 anos de idade tem muitos desejos, e a estrada a frente ainda é longa. Mas toda vez que ele está nos palcos, são os seus momentos favoritos. Claro que o que é mais prazeroso é o momento em que ele se deita na cama depois de um dia corrido, pensando em como ele trabalhou duro naquele dia,  sentindo-se satisfeito.  

CeCi-  Conversa exclusiva com Mark Tuan

CeCi: Durante esse ano, que aspecto  você acha que mais cresceu?

Mark: Na verdade, sinto que ainda tenho muitos aspectos que são insuficientes, mas sou muito grato a todos os fãs. Os fãs me dão muito apoio e amor. Sinto que para mim, agora, comparado a que aspecto eu mais cresci, acho que talvez seja que eu entenda melhor onde preciso melhorar. Espero poder trabalhar mais e me tornar melhor.

CeCi: Sendo um artista, é inevitável que você receba alguns comentários negativos e dúvidas online. Como você lida com isso e concilia sua mentalidade?

Mark: Essa é uma situação inevitável para um artista. Eu não levo essas coisas muito a sério. Não fico ofendido quando vejo comentários de pessoas que não gostam de mim sem razão. Mas se mencionarem aspectos em que não sou tão bom, vou considerar e me importar, e vou trabalhar duro para corrigir isso.

CeCi: Você precisa de muita energia quando vai a programas de variedades. Parece que ter uma personalidade descontraída é mais vantajoso. Como você  treina para ter esse senso de variedade?

Mark: Das pessoas que conheci recentemente, tenho tentado o meu melhor para falar com elas. Para programas de variedades, as partes que eu puder preparar antecipadamente eu vou definitivamente ensaiar, porque quero ter mais oportunidades de conhecer pessoas que gostam de mim, então tenho trabalhado nisso.

CeCi: Que músicas você está escutando ultimamente? Que filmes você está assistindo?

Mark: Eu sinceramente não tenho  uma música que estou ouvindo em particular, mas ouço as músicas que estão nos charts. Recentemente assisti alguns filmes de ação como “O Imbatível”. Eu não procurei para assistir, mas quando vejo coisas de MMA (artes marciais mistas) na TV, fico muito interessado. Ultimamente sinto que filmes legais de ação são muito interessantes.

CeCi: Enquanto assiste filmes, você já pensou em como seria se você atuasse neles?

Mark: Pelo fato de que tenho pouca experiência em atuar, quero por enquanto tentar personagens similares a minha personalidade, ou alguém que tenha voltado do exterior, um estudante etc. Quando tiver mais experiência no futuro, quero tentar papéis diferentes também.

CeCi: Sem nem perceber, já faz quase 5 anos que você debutou. Você acha que está se saindo muito melhor em apresentações ou em programas de variedades?

Mark: Eu sinto que estou bem nas apresentações, já que o período de trainee foi bastante longo, então tenho mais experiência em subir no palco. Em comparação com a performance no palco, eu não tenho muitas experiências em shows de variedades, então ainda fico um pouco nervoso.

CeCi: Atualmente, na China, há muitos novos grupos aparecendo na indústria, incluindo os juniores BOYSTORY. Como sênior, que conselho você tem para eles?

Mark: Dê o seu melhor em tudo o que você faz, comunique-se mais dentro do grupo, construa um relacionamento onde vocês possam ser as forças uns dos outros. Os membros do BOYSTORY são relativamente jovens, mas eles são muito esforçados, então sinto que está tudo bem, uma vez que eles usem o lema “Trabalhe duro, divirta-se bastante”.

 CeCi: Diga algumas palavras aos fãs na China.

Mark: Eu sei que todos vocês sempre me apoiaram e esperaram por mim. No futuro, haverá mais oportunidades para vir à China, acredito que poderemos nos encontrar com mais frequência! Quando isso acontecer, por favor me apoiem também! Eu vou trabalhar ainda mais.

Fonte: Apple Hong
Tradução: Jacke
Revisão: Puppy~
Não reproduzir sem os devidos créditos!