Noticias

Mark do GOT7 é o verdadeiro Flower boy para a CeCi

mark-got7

Mark do GOT7 falou sobre o amor que os fãs mostram ao grupo

O conceito do ensaio de fotos foi ‘um homem segurando flores’, e Mark mostrou o que é ser um Flower boy, porque seu visual superou completamente o visual das flores.

Na entrevista, ele disse: “Após o show, eu fui a um parque de diversões com amigos que vieram dos EUA para ver nossa apresentação. Eu levei eles para jantar, e foi bom vê-los novamente.” Sobre os fãs, ele disse, “Sou muito grato pelos nossos fãs. O amor que eles nos dão não é algo que passa batido. Eles querem ver o GOT7 e nos apoiam, e por isso somos capazes de visitar mais cidades.”

Confira a prévia do ensaio abaixo.

mark_got7_1526944909_2

mark_got7_1526944909_1

 

*”Flower boy” é um termo coreano que designa homens mais afeminados e delicados, muitas vezes se referindo não apenas à aparência mas também às atitudes românticas

 

 

 

Fonte: AllKpop
Tradução:
Jacke
Revisão: Tamanduá
Não reproduzir sem os devidos créditos!

Noticias

Mark do GOT7 Compartilha sua Gratidão pelos Fãs e pelo Suporte a Turnê Mundial do GOT7

GOT7-Mark

O Mark do GOT7 recentemente fez uma sessão de fotos para a CeCi, e falou sobre a turnê mundial do GOT7 na seguinte entrevista:

A sessão foi realizada apenas dois dias depois do show de Seul da turnê mundial 2018 Eyes on You. Enquanto Mark poderia estar facilmente cansado por causa de sua agenda ocupada, ele era só sorriso e estava somente focado na sessão de fotos.

Na seguinte entrevista, durante a sessão, Mark compartilhou o que ele fez depois shows do GOT7 em Seul. Ele disse: “Alguns amigos meus dos Estados Unidos vieram ver meu show, então nos encontramos e fomos para um parque de diversões. Eu fiquei grato (que eles vieram) então eu comprei o jantar para eles, e foi bom ver eles pela primeira vez depois de um tempo.”

mark_got7_1526944909_2

Mark também foi questionado como ele se sentiu ao ter alcançado algo tão grande como sair em turnê por 17 cidades. Ele respondeu: “Minha gratidão com as fãs é tão grande. O grande amor das fãs nos mostra que não devemos fazer pouco caso dele. É porque nossos fãs querem ver o GOT7 e nos dar suporte que podemos fazer shows em mais lugares.”

mark_got7_1526944909_1

O resto da sessão de fotos e da entrevista será lançado na próxima edição da CeCi de Junho!

 

 

Fonte: Soompi
Tradução:
Fhelena
Revisão: L.M.S
Não reproduzir sem os devidos créditos!

Entrevistas

CeCi Junho com Mark do GOT7

Estranho, bonito

mark_got7_1526944909_1
“Eu odeio perder; eu tenho o anseio de ganhar.” Mark disse com os olhos brilhando. Uma expressão vista pela primeira vez em Mark do GOT7.

Dois dias após a finalização dos shows da turnê mundial de 2018 do GOT7, Eyes On You em Seul, Mark entrou no estúdio em silêncio, cumprimentou-nos com um leve sorriso e sentou-se em frente ao espelho. Ao longo do período em que ele trocou de roupa sete vezes para o ensaio, não ouvi Mark sendo mais barulhento do que a equipe. Mesmo nas reações da equipe de “Você é lindo, você é tão suave!”, meio se sentindo bem e meio envergonhado, sem uma palavra, ele apenas sorriu generosamente. Com o show Eyes on You do GOT7, chegaram incontáveis perguntas para a equipe e para os artistas que se prepararam para o show e completaram as etapas juntos; foi um show sólido que foi bem organizado do começo ao fim. Depois do show, que durou mais de 3 horas, os ahgases ainda sim não quiseram sair do local e ficaram olhando para o palco vazio por um tempo. Para Mark, que não foi capaz de controlar suas emoções finais e acabou chorando no último dia, perguntamos se ele tinha alguma coisa a dizer que ele não foi capaz de fazer naquele momento. Foi aí então que os lindos traços no rosto de Mark começaram a preencher as várias camadas de emoções.

Q. Você descansou bem após o show?

MK: Sim, encontrei meus amigos que vieram dos EUA para assistir o show e fomos ao parque de diversões. Eu fiquei agradecido, então os levei para um bom jantar também. Saímos juntos depois de um tempo sem nos encontrarmos, então foi bom

Q. Estávamos pensando que tipo de conceito deveríamos fazer para esse ensaio fotográfico, já que você digeriu muitos outros conceitos tão bem, e de repente, flores vieram à mente. Você já presenteou alguém com flores? Muitos homens têm vergonha de comprar flores.

MK: Eu já comprei flores para minha mãe em dias tipo ‘dia das mães’, mas se você me dissesse para ir a uma floricultura e comprar flores agora, eu também  ficaria um pouco sem graça (risos).

Q. Tem alguma flor que você goste?

MK: Eu gosto mais de vermelhas, então rosas vermelhas são bonitas para mim. Não tem uma razão especial por trás disso, é só porque é vermelho.

Q. E coincidentemente, hoje é dia dos pais.

MK: Sério? Eu esqueci. Nos EUA, (nós celebramos) dia das mães e dia dos pais, e eu sempre me lembro de parabenizá-los, mas todo ano tenho que olhar as datas antes dessas coisas acontecerem (risos).

Q. Você é um filho que expressa bem suas afeições aos seus pais?

MK: Ah, eu ligo para eles frequentemente, mas raramente digo “eu te amo”. Mando por mensagem, mas dizer isso é raro. No entanto,  sempre digo a eles que estou com saudades.

Q. Você parece um filho que diz isso incondicionalmente a seus pais. No show de Eyes On You, parecia que os membros também queriam mostrar (habilidades/performances) adequadamente, então todo mundo estava bem preparado.

MK: Isso mesmo. Nós prestamos muita atenção; começando pela escolha das músicas. Escolhemos músicas que fariam as apresentações no palco parecerem legais e músicas que os fãs gostariam de assistir as performances. Nós também temos coreografias novas para músicas que remixamos. Também reunimos coreografias que foram vistas apenas em shows de final de ano; nós preparamos muitas coisas.

Q. Nós também vimos designs no palco que foram feitos em consideração aos fãs nos 2º e 3º andares no local.

MK: Nós estamos sempre usando elevador/suspensão  quando nos apresentamos, mas dessa vez, mesmo que fosse pouco, queríamos nos aproximar dos fãs ainda mais, então discutimos várias opções. A gente queria conhecer os fãs a uma menor distância possível, mesmo que fosse só uma vez durante o show.

Q. Você se apresentou com JB e  Youngjae como uma Unit de 3 pessoas. Que tipo de apresentação você quis fazer?

MK: Eu cantei Think About It com eles, mas eu estava originalmente no time de Bambam e Jinyoung. Quando começamos a nos preparar para o show em grande escala, pensamos em como deveríamos concluir as apresentações em alto nível, então achamos que mostrar novas combinações que ainda não foram mostradas antes seria bom e, portanto, mudei de time. Em nosso time focamos mais em cantar do que na apresentação em si, e os outros 2 times tinham o palco decorado de forma diferente.

Q. No ponto de vista do Mark, tem alguma apresentação que é especialmente legal?

MK: Um, o estilo de todo mundo é completamente diferente, mas acho que o do Yugyeom é especialmente legal. Quando assisto a performance do Yugyeom, sinto orgulho dele e também sinto que eu deveria fazer melhor (risos).

Q. No último dia em sua última apresentação, pareceu ser o momento em que vários pensamentos vieram à mente de uma só vez; Tem alguma coisa que você gostaria de dizer que não foi capaz de transmitir naquele momento?

MK: Como eu me apresentei durante 3 dias, às emoções surgiram pouco a pouco continuamente. Eu estava muito agradecido aos fãs. No último dia, não consegui me conter e caí no choro. Os shows foram muito divertidos e graças aos fãs, eu ganhei muita força.

Q.Você disse que gosta de falar sozinho quando está na cama. O que você sentiu quando se deitou na cama à noite depois que os shows terminaram?

MK: Que eu estava satisfeito com os shows de Seul, então senti que começamos bem a turnê. A ansiedade para os outros shows nas cidades restantes se tornou ainda maior. Depois que o show terminou no domingo, no jantar de encerramento, todos os membros se sentiram bem. Também não nos esquecemos de dizer um ao outro que realmente trabalhamos duro juntos.

Q. Não há muitos grupos que possam realizar uma turnê mundial em 17 cidades. O GOT7 deve sentir uma enorme sensação de orgulho.

MK: Mais do que isso, a gratidão para com os fãs é definitivamente muito maior. E é com a venda dos ingressos também. A venda de todos os ingressos não é possível simplesmente porque somos cantores, mas acredito que seja o resultado do trabalho duro dos fãs e da empresa. Sinceramente, o enorme amor mostrado a nós pelos fãs não é algo que passa despercebido. É por isso que eles querem nos ver e transmitir apoio para que nós, GOT7, possamos ir a mais cidades e nos apresentar em palcos maiores.

Q. Ao longo de suas apresentações, pudemos sentir essas emoções do GOT7. Os membros também são recíprocos com a gratidão, dizendo coisas como “nós não chegamos aqui porque somos os que estão indo bem”.

MK: Sim. Nós ainda estamos, como sempre, precisando melhorar. Eu acho que agora estamos começando a ser um pouco melhores. Todos nós temos os mesmos pensamentos.

Q. Você pode ter mais orgulho, pois foi realmente um ótimo show. Você disse no passado que gostaria de tentar saltar de paraquedas sozinho; parece que Mark é alguém que não tem muito medo em uma área onde a energia forte é necessária.

MK: Quando eu estiver fazendo isso, é claro que vou sentir medo. Mas depois que eu pular e tocar o chão, assim como quando aprendo uma nova técnica de artes marciais e consigo executar, a sensação vai ser muito boa. Vou me sentir muito orgulhoso.

Q. Mas você também gosta de jogar. Há uma visão de que as pessoas que geralmente gostam de jogos se sentem preguiçosas ao usarem seus corpos. (risos) Seu desejo vencer é forte, por acaso?

MK: Sim! (risos) Eu fico muito chateado se  perco em qualquer coisa e quero fazer isso de novo até ganhar. Mas se é pedra,papel e tesoura, e ganhar significa levar um prêmio ou algo assim, então é claro que isso não pode ser evitado, já que você não pode fazer isso de novo. Mas quando se trata de jogos, vou jogar até ganhar

Q. Desde o momento em que começamos a entrevista, seus olhos estão brilhando mais intensamente agora. (risos) Você é alguém com um forte desejo de vencer. Você sempre pareceu o mais velho, o hyung que é gentil, ganhando ou perdendo. Na entrevista anterior, você disse que o álbum 7 for 7 é um álbum que não vai se cansar de ouvir por muito tempo. O que você acha que é um álbum bem feito?

MK: Hum, explicar isso é muito difícil. (Editor: vamos fazer isso em Inglês então?) Não. Vou  fazer isso em coreano. Eu acho que músicas que deixam o coração confortável ao ouvir, e que o ouvinte pode se identificar, são músicas boas. Seja na melodia ou nas letras, vai haver uma parte viciante que vai fazer você continuar pensando nessa parte, e faz você querer ouvi-la novamente. Eu acho que isso é uma música bem feita.

Q. Isso é verdade. No show do GOT7 também,  além das músicas-título, conheci muitas outras que quero ouvir novamente.

MK: Obrigado. Em nossos álbuns, há muitas boas músicas e acho que, mesmo que  só promovamos as músicas-título, as outras músicas não são fracas em comparação.

Q. O verão está se aproximando. Você é alguém que percebe bem as mudanças de estações?

MK: Eu não sou alguém que é tão suscetível. Só que quando a estação muda, minha pele fica sensível, então  começo a ter problemas. Por isso, eu olhava para o calendário e dizia: “Ah, é primavera em breve”. (Risos) Já que temos que passar por vários compromissos, só  lembro das coisas de acordo com os dias.

Q. Então seu corpo reage primeiro. Parece que em Los Angeles é claro durante todo o ano, então é possível que você não saiba quando a estação muda. Em Seul, no entanto, as 4 estações são muito distintas.

MK: Quando eu morava nos Estados Unidos, gostava muito da neve. A neve não cai em Los Angeles, então temos que ir até a montanha para ver a neve. Depois de vir para a Coreia, estou mais confortável com a primavera e verão (risos).

Q. Este ano, o verão de Mark ficará mais quente com a turnê mundial. Para finalizar, tem mais alguma coisa que você gostaria de fazer no verão?

MK: Eu quero viajar com minha família para outro país fora dos EUA. Antes de vir para a Coreia, nós fazíamos viagem em família uma vez por ano. Como já tem um tempo, acho que seria bom fazer isso de novo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

 

Fonte: 야나 누나
Tradução: Jacke

Revisão: Puppy~
Não reproduzir sem os devidos créditos!

Entrevistas

[ENTREVISTA] Mark e Junior para a Céci de Junho

Céci: O conceito de hoje é “garoto do verão”. Vocês gostam do verão?
MK: Quando eu morava na América tinha um oceano perto da minha casa. Eu lembro que sempre que nós tínhamos uma chance eu ia para a praia com meus amigos e passava o tempo. Eu jogava/brincava o dia todo e no outro dia eu ficava muito bronzeado.

JY: Oceano é um oceano, mas o oceano de L.A. e o oceano de Jinhae, onde eu morava, parecem ter um sentimento bem diferente. *risos*. Eu saía muito para pescar a noite com meu avô. Eu não tinha muita habilidade então eu lembro que só pegava baiacu.

Céci: Mesmo sendo um set de filmagens, como é sentir a praia no verão antes do tempo?

MK: Se fosse realmente a praia, teria sido muito legal, mas a sessão de fotos foi muito divertida também. Eu não costumo vestir shorts. Eu sou inseguro sobre meu corpo magro, mas hoje eu vesti vários shorts. (Então foi uma nova experiência.) Você pode dizer que sim. Eu achei que deveria ter autoconfiança, então eu tentei não pensar sobre isso.

Céci: Eu vi que vocês estavam brincando entre as gravações. Não foi desconfortável fazer a sessão de fotos hoje só de vocês dois?

JY: Não é desconfortável por que quando nós fazemos sessões de fotos com os sete membros, nós também fazemos muitas sessões de fotos com dois ou três membros. Mas hoje é a primeira vez que faço uma sessão de fotos com o Mark hyung, só nós dois. (Se você pudesse dar uma nota para o nível de química entre vocês dois?) Até 10 pontos?
MK: 10 pontos! *risos*
JY: Então eu vou dar 9,8.

Céci: E os 0,2 pontos?

JY: Por que (nós) somos homens. Então eu vou tirar 0,2 pontos.

Céci: Quando vocês estavam fazendo as suas sessões de fotos individuais, vocês monitoraram um ao outro. Quais são suas opiniões ao verem a sessão de foto um do outro.

JY: O rosto do Mark hyung é realmente pequeno. Então quando nós fazemos uma sessão de fotos na qual eu fico perto dele, você pode ver a diferença.
MK: JinYoung é muito bonito. Mas JinYoung sempre diz que ele não é. Quando eu o vejo, ele é bonito.
JY: Eu só digo a verdade. *risos*

Céci: Alguns dias atrás vocês terminaram o seu primeiro show solo na Coreia. Eu ouvi que vocês disseram que vocês sentiram como se tivessem realizado um sonho.

JY: Fazer um show solo na Coreia era a primeira meta do GOT7. Depois que terminamos o show foi quando realmente sentimos que nós demos o primeiro passo em uma escada bem alta. Ao mesmo tempo em que nós nos sentimos satisfeitos e com um sentimento de realização, a pressão e a responsabilidade também nos veio profundamente. Nós ainda temos muitos degraus para subir. Então iremos cumpri-los um por um.

Céci: Eu ouvi que tem músicas que foram só para o show.

JY: Mark hyung e eu fizemos uma unit no show. (Vocês dois são uma unit.) Essa sessão de fotos estava marcada antes disso, mas eu acho que os fãs podem pensar desse jeito. Mesmo sendo uma apresentação que apenas duas pessoas estão fazendo, nós prestamos muita atenção na a música da nossa unit. O título é “Higher”. Quando eu te vejo meus sentimentos se tornam “Higher” (maior). É uma música que tem esse tipo de letra.

Céci: Teve uma razão para que dentre os membros vocês fizessem uma unit juntos?

MK: Eu pedi para o JinYoung primeiro. Eu sempre pensei muito sobre fazer uma unit com JinYoung. Tinham outros grupos que mostraram diferentes gêneros, como hip-hop e música lenta. Mas nós fizemos uma apresentação com um sentimento mais alegre. Já tem um ano desde que nós temos dito “nós dois nos encaixamos em uma imagem mais alegre”. Então sentimos que estamos buscando o que nós estávamos planejando por um longo tempo. Nós preparamos isso com muita diversão e nós aproveitamos no palco também.

Céci: Foi um tema em destaque que vocês se vestiram como grupos de meninas.

JY: Mesmo que tenha sido vergonhoso, nós fizemos isso só para os fãs. Mas quando nós subimos no palco houve tipo, um vazio estranho? Eu estava muito feliz que eles gostaram, mas por outro lado eu estava pensando “O que eu estou fazendo agora?” *risos* Mas agora é uma boa memoria, então eu não acho que irei esquecer.

Céci: Deveríamos falar sobre o Álbum recente? Se vocês compararem com o seu primeiro álbum Girls, Girls, Girls ele mudou muito.

Até agora, foi o nosso processo de achar a própria cor do GOT7. Então se você escutar a todos os nossos álbuns, você pode achar que é aleatório. Porque nós temos tantos tipos de cores diferentes para o GOT7. Foi o nosso processo para achar o que se encaixava mais conosco. Então aquele também é um momento precioso. Já que nós tivemos aquele período de tempo é assim que temos o GOT7 que existe agora. Para esse álbum, nós não somente fizemos sugestões para as músicas, mas também para os vídeos das músicas, as roupas e todo o conceito.

Céci: Agora tem dois anos que o GOT7 teve seu debut. Se tivesse um garoto GOT7, que tipo de imagem ele teria?

MK: Adolescente. Ele teria um sentimento adolescente. Adolescente despreocupado.
JY: Isso mesmo. Não é que nós vamos teimosamente ficar com um estilo ou viver presos, mas eu acho que ele seria um garoto que tentaria livremente diferentes tipos de música.

Céci: Alguma coisa que vocês gostariam de revelar um sobre o outro?

MK: Quando nós temos que sair, mesmo quando eu digo “JinYoung, vamos!” Ele ainda está na cama dele. Eu tenho que o chamar duas ou três vezes. *risos* Têm vezes que eu o chamo, mas aí acabo saindo sozinho.
JY: Seu eu puder me explicar, eu preciso de algum tempo livre antes de ficar ocupado. Eu poderia dizer que é a arte da lentidão? *risos* As pessoas acham que o Mark hyung é muito legal e gentil, mas quando nós jogamos algum jogo ele não é assim. Quando ele joga jogos de armas, ele grita como um louco. Grita tipo “Ahhhhhh, hey, hey, hey.”.

Céci: Sério?

MK: Quando eu jogo vídeo game meu coração palpita então eu acho que eu grito sem saber.
JY: Mark hyung tem uma grande disparidade de emoções. Eu achei que ele fosse o Hulk quando ele estava jogando vídeo game.
MK: Eu não faço isso frequentemente, só às vezes.

Céci: Isso é inesperado. Vocês podem falar mais sobre vocês? Jinyoung é famoso por gostar de livros, certo?

JY: Diferentemente de amigos da minha idade, eu não tenho muito tempo para sair com outras pessoas, então, indiretamente eu tenho a experiência de viver a vida de outras pessoas lendo livros. Recentemente eu terminei de ler “Ensaios de Amor” do Alain Botton. Se você só olhar a história é uma história comum, mas a parte na qual ele escreve as emoções das pessoas com tantos detalhes foi muito interessante.

Céci: Pelos fãs o Mark é conhecido por ser misterioso. Isso ainda está acontecendo?

MK: Eu não faço de propósito. Eu só não gosto quando as pessoas concluem que “ele é esse tipo de pessoa” de uma única perspectiva quando eu digo alguma coisa. É por isso que eu sou cauteloso. Eu acho que é por isso que as pessoas acham que eu tenho uma personalidade quieta. Agora eu quero mudar essa imagem.

Céci: Seu você quiser ser próximo ao Mark, qual é um bom assunto para falar? Jogos?

MK: Ah! Eu não jogo com tanta frequência! *risos* Ultimamente o assunto do momento é a cachorrinha Coco. Ela estava em outro lugar por um tempo e agora ela está de volta. Eu amo brincar com a Coco quando eu estou no dormitório.
JY: A Coco ainda não gosta de mim.

Céci: Essa é a última pergunta. O verão vai começar logo, tem alguma coisa que vocês realmente gostariam de fazer nesse verão?

MK: Férias, eu quero andar nas ruas da Europa. Eu nunca estive na Europa antes. E tem outra coisa, eu quero saltar de paraquedas. Mesmo que não seja nesse verão, é uma coisa que eu realmente quero fazer.
JY: Eu quero ir à praia. A praia perto da minha cidade natal ou qualquer lugar que eu nunca estive seria legal também. Eu quero sentir a liberdade que você sente quando você fica em pé de frente para o mar enquanto você sente o cheiro refrescante do oceano.

Tradução eng-pt/BR:  Ketlin @ Elo GOT7

Revisão: JFlawless

Noticias

Mark e Junior são Flower Boys para a Céci

mark-jr-mark-mark_1463754203_af_org

Não sabe o que é um flower boy? Clique aqui.

Confira Nichkun e Taecyeon, quer dizer, os fofos Mark e Junior em seu novo ensaio fotográfico para a Céci (o autor da matéria achou que eles ficaram parecidos com os membros do 2PM nesse ensaio).

Os garotos podem serem visto em fotos realizadas no dia no dia 20 de maio para a publicação de Junho. Eles estão absolutamente adoráveis, combinando ternos com riscas-de-giz para uma aura mais masculina e em seguida roupas casuais de praia para dar um ar mais amável, exceto por… eles parecerem muito assustados. Em ambas as fotos, o mesmo julgamento – ainda sim boas.

Em entrevista eles falaram sobre o último álbum Flight Log: Departure, “Todo esse tempo para nós foi um processo para acharmos a cor única do GOT7. Os membros deram suas opiniões não só nas canções do álbum, mas também no MV, nas roupas e também no conceito geral, por isso estamos mais ligados a ele.”

Quando foram perguntados sobre memórias de verão, Mark respondeu: “Quando eu morava na America, havia uma praia perto da minha casa, sempre brinquei perto do mar o dia todo até ficar muito bronzeado.” e Junior respondeu: “Eu frequentemente ia pescar com meu avó. Eu era desajeitado pescando, então não era capaz de pegar muitos peixes.”

Em relação a um acontecimento em seus shows na Coreia, Mark afirmou: “Eu tive uma performance com Junior, que sempre quis ter uma unit stage comigo. Foi uma música brilhante e eu senti como se estivéssemos mostrando algo que tínhamos planejados há muito tempo para os fãs.” Junior adicionou:”Nossa fase de transformação em um grupo feminino foi inesquecível. Era embaraçoso, mas os fãs gostaram, por isso é uma ótima lembrança.”

mark_1463754159_1000__1463707118-22-org

mark_1463754160_1000__1463707149-60-org

 

 

 

 

Fonte: AllKpop

Tradução: L.S
Não Reproduzir sem os devidos créditos!

Entrevistas, Fotos

[TRADUÇÃO] Céci Janeiro 2016, JB&Junior | Entre NÓS

CWhsTDMUkAA5rJGComo vocês têm estado? Vocês devem estar bem ocupados promovendo o álbum de If You Do e fazendo atividades fora do país ao mesmo tempo.
JB: Depois que promovemos If You Do, nós tivemos um tour de fanmeetings internacionais. Assim que voltamos nós rapidamente escrevemos músicas e também praticamos, então temos estado ocupados.

Parece que estão correndo sem descanso, depois do fim dessa promoção vocês poderão ter férias?
Junior: Essa é uma questão aberta. Se ficarmos um pouco mais gananciosos e quisermos ter mais compromissos ou quisermos descansar a empresa nos permite, nós podemos descansar. Mas no momento eu acho que o GOT7 precisa trabalhar mais, para então progredir, então acho que nós queremos trabalhar um pouco mais. Eu não quero descansar. *risos*

Dessa vez If You Do parece o tipo de música que muda o foco do GOT7, o que você acha?
Junior: Mais do que mudar o foco, isso foi um desafio para nós, poder provar que somos capaz de mostrar uma imagem assim. Em vez de focar em um conceito só, cada um dos 7 membros têm uma cor/estilo diferente, mesmo que não conseguíssemos se encaixar no o estilo If You Do, eu sinto que somos um grupo que pode tentar vários conceitos diferentes no futuro.

Vocês tiveram o seu primeiro 1st WIN na televisão, como se sentiram por serem recompensados após tanto esforço?
JB: Eu me senti mais grato ao ver nossos fãs se esforçando conosco. Não é algo que fazemos em busca de recompensas, mas é mais como uma motivação para trabalharmos mais no futuro. É como sempre receber comentários negativos, mas ao receber elogios você se esforça para trabalhar mais firme.

Como líder do GOT7, JB é o centro do grupo. Baseado nos últimos dois anos, como você se avalia?
JB: Eu não acho que fiz um bom trabalho *risos* Ser um líder não significa que eu tenha total autoridade e além do mais acho que não fui um bom modelo *risos* Se qualquer coisa acontece, a gente reflete sobre e cada membro conversa um com o outro para encontrar uma solução.

Junior, você que está ao lado, como você vê isso?
Junior: Na verdade ser um líder é mais estar em uma posição onde tem que ficar em silêncio e eu não tenho o direito de julgar, mas eu acho que ele está fazendo um ótimo trabalho.

Vocês debutaram juntos desde o JJ Project, quando vocês precisaram se encorajar mais?
JB: Quando nós nos consultamos seriamente sobre nossos problemas? Mais do que conversar sobre nossos problemas pessoais, nós normalmente conversamos sobre como deixar o GOT7 mais forte no futuro, ou nossas carreiras. Ele realmente me dá forças.
Junior: Quando tenho muitos pensamentos confusos. Tem sido assim desde o JJ Project. Nós não planejamos conversar sobre nossos problemas, mas enquanto conversamos o assunto vem naturalmente. Então tudo fica em ordem.
JB: Não é como se disséssemos “agora vamos conversar sobre nossos problemas” a gente resolve os problemas tentando conversar um com o outro.

Quando vocês acham que combinam bem um com o outro?
Junior: Nossa personalidade séria?
JB: É, isso mesmo.
Junior: Eu costuma ser muito agitado, mas agora eu sou bem quieto. Quando precisamos ter foco para não perder a concentração eu fico ao lado do hyung e me ajusto ao humor dele.

Pensando nisso, ambos parecem ser muito sérios/tranquilos. Acho que os mais sérios dentre todos os idols que já conheci. *risos*
JB: Isso porque nós relaxamos um pouco. Sempre que as entrevistas ficam sérias demais, nós mentalizamos “relaxe”, “relaxe”.

Mas então isso pode ser uma boa coisa. Além disso, que tipos de problema vocês tem tido?
Junior: Como lidar com o frio neste inverno. Esse tipo de problema?
JB: Nós falamos para relaxarmos, mas acho que isso é demais.
Junior: Eu fico resfriado facilmente. Isso saiu muito relaxado?
JB: O meu problema seria ”Como devo agir para mostrar o meu verdadeiro eu?”
Junior: Isso não é sério demais?
JB: Em um grupo, cada membro tem uma cor diferente, certo. Eu penso nas cores do GOT7 e na cor do JB. Como estabelecer a cor do GOT7 sem seguir o que está na moda, eu estou preocupado em mostrar o verdadeiro lado do GOT7.

Quando vocês ficam juntos, vocês devem brigar. Como resolvem isso?
JB: Não é como se saíssemos no tapa, mas temos nossas diferenças e resolvemos elas através de conversas. Mas nossas conversas são sempre argumentativas. *risos*
Junior: Nós frequentemente fazemos 100 minutos de debate com os membros.
JB: Se chegarmos a brigar por algo todos se reúnem e conversamos sobre o problema.
Junior: Se eu e o JaeBum hyung brigamos o Jackson fala “Eu acho que o JaeBum hyung está certo”, e então outro membro vai e fala “eu acho que o JinYoungie está certo”, e então ambos os lados se acalmam. Mais do que dizer quem está certo e errado, nós falamos que “se você fizer assim, vai ser melhor” ou “se você puder entender o lado um do outro, isso seria melhor”, e então chegamos a uma conclusão positiva. *risos*

Eu li em entrevistas passadas que vocês gostam de fazer coisas sozinhos, isso ocorre porque estão sempre cercados por pessoas?
JB: Mesmo que haja muitas pessoas ainda assim eu gosto de ficar sozinho entre elas. Eu sou tipo um gato, mesmo que não preste atenção em mim eu não sou do tipo que está bem com isso. Durante umas férias eu fui ao topo de uma montanha, mas não havia ninguém lá e estava tão quieto, foi sufocante, não conseguir ficar lá.
Junior: Eu sou o oposto, eu acho confortável ficar sozinho, lendo livros, assistindo a vários filmes. Ontem eu assisti a um filme chamado Secret Sunshine.

Isso está certo, vocês falaram muito sobre livros e filmes nas entrevistas passadas.
Junior: Eu estou lentamente começando a gostar de coisas semelhantes.
JB: Eu gosto de ir a cafés em frente HongDae e de escutar músicas no meu laptop e de ler livros.

As pessoas não vão te reconhecer se você for a cafés?
JB: Ainda não somos tão populares assim.
Junior: HongDae é tão longe, está tudo bem (em ir até lá) *risos*

Ay, vocês estão sendo humildes de mais, não? Já fazem dois anos desde o debut, aonde acham que o GOT7 se encontra no momento?
JB: Eu diria que apenas embarcamos no ônibus e acabamos de passar o nosso cartão de passagem.

Enquanto promoviam, qual foi o momento que se sentiram mais orgulhosos?
Junior: Quando estamos extremamente focados em algo. Quando estamos muito felizes que nem lembramos o que estamos fazendo. Nos sentimos puros.
JB: Para mim é quando escrevo músicas. Eu não fico tão focado quando estou fazendo algo que não seja música.

Esses sentimentos se tonam fontes de motivação para vocês, né?
Junior: Definitivamente, quando eu sinto que estou perdendo a concentração nas coisas que eu gosto de fazer, tudo tem que parar. (para que ele possa reavaliar as prioridades)

Existe algum modelo que vocês queiram se espelhar?
Junior: Para mim é o meu pai. Ultimamente eu venho pensando muito sobre meu pai. Na verdade, meu pai está tendo um momento dez vezes mais difícil que eu. Como ele é capaz de suportar isso e não demonstrar para a família. Como ele cuidou de uma criança desobediente como eu por 22 anos?

Entretanto você tem a imagem de ter sido uma criança que não causou problemas e cresceu bem.
Junior: Eu só pareço ser assim. *risos* Eu sempre penso que meu pai é impressionante. Eu espero me tornar alguém como meu pai. Da próxima (no futuro) eu gostaria de me tornar um tipo de pai “Super-Homem”.
JB: Da última vez, eu tinha vários modelos a seguir, agora é difícil escolher só uma pessoa. Eu conheci mais e mais pessoas que me influenciaram e cada um deles tem sua própria força.

Kor – eng: @GOT7jjai e @yerines_
Eng – pt: JFlawless

Não reproduzir sem os devidos créditos.